Home Notícias Minas Gerais Zema coloca em dia repasses de impostos aos municípios após pressão de prefeitos

Zema coloca em dia repasses de impostos aos municípios após pressão de prefeitos

Após pressão dos prefeitos, a gestão de Romeu Zema (Novo) conseguiu colocar em dia os repasses de impostos às cidades mineiras em 2019. Nessa segunda-feira (7), os prefeitos cobravam do governador mineiro um atraso de R$ 170 milhões referentes ao ICMS. Entretanto, segundo o Governo de Minas, o valor foi quitado. A informação foi confirmada pelo presidente da Associação Mineira de Municípios (AMM), Julvan Lacerda.

Segundo a AMM, na noite de ontem, o governo fez o repasse de R$ 171,9 milhões, referentes ao ICMS em atraso, e R$ 34,9 milhões, relacionados ao Fundeb. A quantia de imposto recolhido pelo governo é distribuída aos municípios toda terça-feira – portanto, a associação espera receber ainda hoje o valor de R$ 46,5 milhões. “Esses repasses são importantes, pois mostram a sinalização do novo governo em manter as contas em dia e não reter mais nosso dinheiro”, diz Julvan Lacerda.

Em nota (confira na íntegra abaixo), a administração estadual disse que, nesta primeira semana da gestão de Zema, houve a regularização nos repasses. “Nesta terça-feira (8) está prevista mais uma parcela a ser repassada e que vai totalizar cerca de R$ 507 milhões transferidos para os prefeitos e prefeitas do Estado nos primeiros sete dias do governo Zema”, afirma o Governo de Minas.

Os R$ 507 milhões citados pelo Estados dizem respeito a:

  • R$ 128,9 milhões do Fundeb, repassados no dia 04/01
  • R$ 171,9 milhões de ICMS, repassados nessa segunda (8)
  • R$ 34,9 milhões do Fundeb, também repassados nessa segunda
  • R$ 125 milhões relativos ao pagamento de IPVA
  • R$ 46,5 milhões de ICMS que devem ser pagos nesta terça

Entretanto, ainda não há acordo sobre a dívida de R$ 12 bilhões do governo com os municípios em relação aos valores retidos pela gestão de Fernando Pimentel (PT). “Infelizmente, esse valor deve demorar aproximadamente dois anos para ser quitado e normalizado. Não é uma questão simples, mas estamos dialogando para resolver”, afirma Julvan.

Nota do Governo de Minas:

Nesta primeira semana de Romeu Zema (Novo) à frente do Estado de Minas Gerais teve início o processo de retomada das transferências regulares de recursos para os municípios mineiros. Nesta terça-feira (8) está prevista mais uma parcela a ser repassada e que vai totalizar cerca de R$ 507 milhões transferidos para os prefeitos e prefeitas do Estado nos primeiros sete dias do governo Zema. Diante da indisponibilidade de recursos em caixa e com dívidas bilionárias herdadas da gestão anterior, a administração fazendária trabalha arduamente para equilibrar e equacionar os repasses aos municípios e haver a regularização dos atrasos nos salários dos servidores estaduais.

A decisão, nesta segunda-feira (7), do Supremo Tribunal Federal (STF), que desbloqueou R$ 443,3 milhões da conta do Estado de Minas Gerais, segundo o secretário de Fazenda, Gustavo Barbosa, trará um novo alento para a estabilidade do caixa estadual no decorrer deste mês de janeiro.

Comentários