Home Notícias BH Heróis ‘anônimos’ lavam roupas de bombeiros após ‘banhos de lama’ em Brumadinho

Heróis ‘anônimos’ lavam roupas de bombeiros após ‘banhos de lama’ em Brumadinho

Um grupo de aproximadamente 60 pessoas tem trabalhado arduamente para auxiliar os bombeiros que buscam por vítimas em Brumadinho, onde uma barragem de rejeitos da Vale se rompeu na última sexta (25). Os voluntários estão lavando, diariamente, a roupa dos militares que voltam da região das buscas completamente sujos de lama.

Os envolvidos montaram uma base composta por 14 máquinas de lavar e três equipes que se revezam ao longo do dia. No local, eles recebem as roupas dos bombeiros, lavam, limpam os equipamentos de socorro, embalam e devolvem limpos e dobrados.

O projeto foi montado pela 1° Igreja Batista de Brumadinho, com apoio da Convenção Batista mineira. Segundo o pastor Vanoir Torres, que é gerente de missões da convenção, não é a primeira vez que o grupo atua em desastres.

“Nós estivemos com 300 voluntários em Mariana, onde ajudamos a tirar o barro da alguns locais, limpamos e reformamos as casas. Atuamos também em Teresópolis – tragédia no Rio de Janeiro, em 2011, que deixou 918 mortos. Sempre dando assistência para as vítimas, é a primeira vez que fazemos um trabalho em conjunto com os bombeiros”, conta o pastor.

Grupo lava roupas e limpa material de busca dos bombeiros (Divulgação/Defesa Civil)

Questionado sobre o material para manter as lavagens, ele afirma que não precisa de doações no momento. “Nós temos material necessário para manter o serviço por mais uma semana. Portanto, ainda não precisamos de doações”, conta Vanoir.

A ação chamou a atenção do secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, coronel Alexandre Lucas. Segundo ele, trata-se de uma iniciativa louvável, pois, são pessoas anônimas que ajudam os bombeiros.

“Os militares precisam ter as roupas limpas. Faz parte de um trabalho que é muito duro e voltar com roupas limpas ajuda até no psicológico. São heróis anônimos que precisam de respeito”, afirma.

O coronel também anunciou a criação de um sistema para acionar a ajuda desses voluntários em caso de novos desastres. “Vamos criar um cadastro de voluntários institucionais para que em todos os desastres eles sejam acionados, credenciados, treinados e capacitados para integrar ações de resposta com qualidade. Parabéns aos heróis anônimos”, disse o secretário.

Comentários