Home Notícias Brasil Deputada é ameaçada após tomar posse com ‘decotão’ e reage: ‘Luto para quebrar padrões’

Deputada é ameaçada após tomar posse com ‘decotão’ e reage: ‘Luto para quebrar padrões’

uPaulinha publicou uma foto no Instagram, em que aparece com o look vermelho, e rapidamente transformou-se em alvo de internautas de todo o Brasil. Na legenda, ela escreveu: “Primeira sessão legislativa do ano! Agora é arregaçar as mangas e trabalhar”. Mas, nos comentários, recebeu xingamentos como: “Você é representante das prostitutas no congresso? ai sim representou bem a classe”, escreveu um. “Essa não é deputada, é daputada”, escreveu outra.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Primeira sessão legislativa do ano! Agora é arregaçar as mangas e trabalhar!!! ❤😍

Uma publicação compartilhada por Ana Paula da Silva 🇧🇷 (@deputadapaulinha) em

Em entrevista ao jornal Extra, Paulinha contou que foi bastante difícil chegar em casa e se deparar com os comentários pejorativos. Ela disse que chorou muito, mas que também fez um movimento contrário, já que luta para “quebrar paradigmas e padrões”. Agora, uma equipe está printando os comentários e documentando tudo para que a parlamentar possa processar os responsáveis pelos xingamentos. “Ser criticada na vida pública é algo normal e esperado. Mas me senti psicologicamente violentada. Um internauta disse que se eu for estuprada não posso reclamar. Uma mulher comentou que eu não poderia falar de Deus, pois Deus não abençoaria uma mulher como eu”, disse.

 + Deputado flagrado com mulher no colo já espancou a filha e confessou zoofilia

“Chorei muito. Fiquei até às quatro da manhã tentando ler e entender o que um decote pode ter de errado. Me senti frágil como uma mulher se sentiria diante dessa situação. Mas também tenho meu lado empoderado e que me faz levantar todos os dias e dizer: essa sou eu e luto para quebrar paradigmas e padrões que não condizem com o que eu penso e pensam muitas mulheres que se veem representadas por mim”, explicou.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Um dia repleto de emoções e amor…❤💕

Uma publicação compartilhada por Ana Paula da Silva 🇧🇷 (@deputadapaulinha) em

Não foi a primeira vez que Paulinha usou um decote na Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Na diplomação, ela usou uma peça branca. No entanto, a roupa não gerou o mesmo que o macacão vermelho. Mãe de duas filhas, uma de 20 e outra de 18, ela diz ter recebido apoio da família e do namorado, além de famosas como Fernanda Young e Maria Ribeiro. “Tenho recebido tantas mensagens lindas, tocantes e de mulheres que admiro. De políticas, inclusive, que me dizem que agora vão usar o que bem entenderem e falar não ao protocolo”, explica.

Na entrevista, Paulinha ainda lembrou o linchamento sofrido pela então estudante Geisy Arruda, que foi impedida de permanecer na faculdade Uniban, em São Paulo, por conta de um vestido rosa que usava. Ela foi expulsa da instituição logo depois. “Ela era uma menina, universitária, com seu vestido. Eu sou uma mulher, deputada eleita, prefeita duas vezes, com 90% de aprovação, que deixou a escola pública de ensino integral de maior rendimento no país para seus moradores. Uma mulher bonita e gostosa e além disso inteligente? Ainda é demais para muitos. Mas vamos mudar esse pensamento”, ponderou.

Roberth Costa

Roberth Costa é publicitário, repórter e editor no Bhaz.

Comentários