Home NotíciasBHMortes em Brumadinho chegam a 165 e buscas continuam sendo realizadas

Mortes em Brumadinho chegam a 165 e buscas continuam sendo realizadas

O número de mortes em decorrência do rompimento da barragem mina Córrego Feijão da empresa Vale, em Brumadinho, subiu para 165 neste domingo (10). A Defesa Civil de Minas Gerais informa que até o momento 156 óbitos já foram identificados.

Leia também:  Secretário de Saúde diz que 'há perspectiva' de nova abertura do comércio em BH e cita data para shoppings

Os trabalhos de buscas chegam ao 17º dia e ainda continuam desaparecidos 38 funcionários da Vale e 122 moradores da região ou trabalhadores terceirizados, totalizando 160 pessoas. Outras duas estão hospitalizadas enquanto 138 desabrigadas.

Neste domingo, as buscas acontecem na área administrativa onde estavam localizados o refeitório, o estacionamento e a casa; na área da ferrovia e de acúmulo de rejeitos. Máquinas, aeronaves e cães farejadores estão sendo utilizados pelos Bombeiros, voluntários e Militares da Força Nacional.

Confira o efetivo empenhado nos trabalhos na Grande BH:

  • Corpo de Bombeiros  Minas Gerais – 150
  • Militares da Força Nacional – 64
  • Bombeiros Militares de outros estados – 129
  • Voluntários – 9
Vitor Fórneas

Vitor Fórneas

Repórter do BHAZ desde maio de 2017. Jornalista graduado pelo UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) e com atuação focada nas editorias de Cidades e Política.

Comentários