Home Notícias BH Guardas Municipais terão capacitação para Carnaval 2019, com foco na cidadania

Guardas Municipais terão capacitação para Carnaval 2019, com foco na cidadania

Quatrocentos guardas municipais de Belo Horizonte – do contingente de 2 mil que vai atuar no Carnaval 2019 –  passarão por uma capacitação coordenada pelas secretarias municipais de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania e de Segurança e Prevenção, com foco em direitos e cidadania para mulheres, LGBTs, crianças, adolescentes e jovens.

O minicurso, a ser ministrado de quarta a sexta-feira (13 a 15), vai abordar também a igualdade racial na cidade.

A expectativa é treinar os 400 guardas, que serão divididos em turmas nos dois primeiros dias de atividades. “O objetivo do encontro, que terá pequenos blocos de apresentações e um momento de bate-papo entre os participantes, é instrumentalizar a Guarda Municipal para realizar um atendimento qualificado das populações que são foco das principais violações de direitos em grandes eventos”, diz a Prefeitura de BH (PBH).

A proposta é detalhar as principais violências sofridas por esses públicos, assim como a legislação específica e os órgãos a serem acionados ao lidar com situações dessa natureza.

No evento, além do comandante, estarão presentes guardas municipais e técnicos da Secretaria Municipal de Segurança e Prevenção. No terceiro dia, será realizado um encontro gerencial entre a Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania e a Central de Coordenação Geral da Guarda.

“É importante estar em constante diálogo com a segurança pública sobre os motivos pelos quais determinados grupos sociais sofrem violências específicas e, a partir desse entendimento, planejar formas de prevenir e combater essas violações de direitos, de forma efetiva. Queremos garantir que todos tenham o direito de brincar o Carnaval com respeito e sem violência”, destaca o subsecretário de Direito e Cidadania, Thiago Alves.

Sucesso em 2018

O secretário municipal de Segurança e Prevenção, Genilson Zeferino, reforça a importância do trabalho intersetorial na construção de um evento seguro para os diversos públicos da cidade.

“A realização desta capacitação fortalece a integração entre as secretarias e prepara ainda mais os guardas municipais para o cumprimento do seu papel de polícia de proximidade. O sucesso do curso semelhante, oferecido aos agentes em 2018, também por ocasião do Carnaval, foi o que nos levou a repetir a iniciativa. E este ano, a capacitação passa a abranger mais informações, tornando o efetivo cada vez mais preparado para agir de forma adequada e humana no trato com públicos que, historicamente, vinham sendo alvo de constantes abusos e desrespeito a seus direitos”, explica.

Da PBH

Comentários