Home Notícias Internacional Pastor é processado após ‘ressuscitar’ fiel; vídeo já foi visto 1 milhão de vezes

Pastor é processado após ‘ressuscitar’ fiel; vídeo já foi visto 1 milhão de vezes

Muita gente acredita em vida após a morte, mas um pastor da Grande Johanesburgo, na África do Sul, garante ter conseguido ressuscitar um homem. E mais do que isso: todo o processo foi registrado em vídeo e transmitido ao vivo por meio do Facebook. As imagens viralizaram e já foram vistas mais de 1 milhão de vezes em apenas dois dias. Agora, o líder religioso enfrenta processos na Justiça.

Alph Lukau lidera a igreja Alleluia Ministries International e realizou, no domingo (24), um culto diante de centenas de fieis em que em prometia trazer um fiel de volta à vida. Em determinado momento, o homem saiu do templo junto com quem acompanhava a cerimônia para fazer a “ressurreição”.

Depois de levantar do caixão, o fiel é levado para dentro da igreja para se recuperar da “experiência de morte”. Ele caminha com dificuldade e come com o auxílio de outras pessoas.

Além de virar alvo de comentários nas redes sociais, a postura do pastor despertou a ira de grupos religiosos mais tradicionais, que o acusam de “explorar a fé” dos mais pobres. “Não existem milagres. São tentativas de ganhar dinheiro com o desespero do nosso povo”, afirmou a Comissão para a Promoção e Proteção de Comunidades Culturais, Religiosas e Linguísticas à emissora estatal da África do Sul.

A funerária a qual pertence o caixão que aparece nas imagens, por sua vez, resolveu processar o líder religioso por ter sido envolvida no que considera “uma farsa”. Outras duas empresas envolvidas também endossam a ação.

A “ressurreição” do fiel provocou debates sobre falsos pastores naquele país. No ano passado, outro líder religioso sul-africano foi acusado de agressão por ter jogado inseticida doméstico em fiéis alegando, falsamente, que seria capaz de curar câncer e infecções pelo HIV.

Comentários