Home Notícias Política ‘Posando de coitado’: Filho de Bolsonaro critica saída de Lula para acompanhar enterro do neto

‘Posando de coitado’: Filho de Bolsonaro critica saída de Lula para acompanhar enterro do neto

O filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL), o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ), disse na tarde desta sexta-feira (1º) que deixar o ex-presidente Lula acompanhar o velório do seu neto de 7 é deixar “o larápio em voga posando de coitado”.

A fala foi em resposta a uma enquete no Twitter que questionava se os presos deveriam sair da prisão para acompanhar o velório de entes próximos. A discussão foi levantada após o ex-presidente conseguir a autorização para acompanhar o velório do neto.

“Lula é preso comum e deveria estar num presídio comum. Quando o parente de outro preso morrer ele também será escoltado pela PF para o enterro? Absurdo até se cogitar isso, só deixa o larápio em voga posando de coitado”, opinou o deputado.

O artigo 120 da Lei de Execução Penal diz que “condenados que cumprem pena em regime fechado ou semiaberto e presos provisórios poderão obter permissão para sair do estabelecimento, mediante escolta, quando ocorrer um dos seguintes fatos: falecimento ou doença grave do cônjuge, companheira, ascendente, descendente ou irmão”.

O governo do Paraná autorizou que a aeronave oficial do Estado seja utilizada para o trajeto de Lula até São Paulo. O velório de Arthur acontecerá neste sábado (2), em São Bernardo. Arthur faleceu na manhã desta sexta em decorrência do agravamento de um quadro infeccioso de meningite meningocócica.

Comentários