Home Notícias Minas Gerais Pista livre para cidades históricas: Sistema Pare-Siga na BR-356 termina esta noite

Pista livre para cidades históricas: Sistema Pare-Siga na BR-356 termina esta noite

Às vésperas do feriado de Páscoa, o sistema Pare-Siga que vem sendo adotado desde 21 de fevereiro na BR-356, no sentido Belo Horizonte/Ouro Preto, vai ser suspenso na noite desta quarta-feira (17), a partir das 20h.
O trânsito será liberado no trecho compreendido entre os quilômetros 37 e 40, em ambos os sentidos.

O sistema Pare-Siga na rodovia foi implantado como prevenção a um possível rompimento da barragem de rejeitos Vargem Grande, da Vale S.A., em Nova Lima, na Grande Belo Horizonte, que está em nível 2 de alerta.

Num possível rompimento da estrutura, a lama atingiria a BR-356 em cheio, por onde transitam centenas de veículos de passeio, de transportes e de carga diariamente.

Segundo informou a Coordenadoria de Defesa Civil Estadual (Cedec-MG), uma reunião na tarde dessa terça-feira, que reuniu representantes do Ministério Público de Minas Gerais, Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Minas Gerais, Polícia Militar, Prefeitura de Itabirito e da empresa Vale, definiu pela suspensão da medida.

A Vale apresentou estudos de uma empresa contratada, que não viu necessidade de manter a interrupção na rodovia. A qualquer sinal de elevação de alerta na barragem de rejeitos ou um possível rompimento, uma operação assistida será adotada.

“A região contará com uma estrutura de intervenção que funcionará 24 horas por dia. Em caso de qualquer situação que possa colocar em risco a segurança dos usuários da rodovia, esta estrutura será utilizada para adoção de todas as medidas necessárias para o estabelecimento das condições seguras para as pessoas”, diz nota da Cedec-MG.

A proposta foi transformada num termo de ajustamento de conduta (TAC), homologado pela Justiça em Itabirito, segundo a Cedec-MG. O termo estabelece que o trecho compreendido entre os quilômetros 37 e 40, da BR-356, que liga Belo Horizonte a diversas cidades históricas, funcionará com o desenvolvimento da operação assistida.

Durante todo o dia de hoje, pessoas e órgãos envolvidos nessa estrutura a ser montada passarão por treinamento. Durante o dia, a capacitação será teórica, e, à tarde, a parte prática.

Comentários