Home Notícias Internacional Pai deixa filha de 3 anos acorrentada a carro em chamas e choca os EUA

Pai deixa filha de 3 anos acorrentada a carro em chamas e choca os EUA

Repercute pela imprensa internacional, ao longo dos últimos dias, um caso que chocou parte da população dos Estados Unidos, mas principalmente a moradores do Queens, em Nova Iorque. Uma menina de apenas 3 anos foi deixada para morrer, pelo próprio pai, acorrentada dentro de um carro em chamas. A pequena Zoey foi encontrada presa ao banco de trás de um Audi 6 na noite do último domingo (5). Quando o socorro chegou, já era tarde demais.

De acordo com o The Sun, testemunhas acionaram a polícia local depois de avistar o carro em chamas, por volta das 21h. O pai da garota, Martin Pereira, de 39 anos, foi visto correndo para um bairro vizinho e, ao ser avistado pelos agentes, tentou se esconder. Com um histórico de violência, ele teria avisado a primos da mãe da garota, Cherone, que iria ferir a própria filha.

A publicação ainda explica que Martin e Cherone começaram uma intensa batalha judicial pela guarda da filha depois que o relacionamento entre eles terminou. O homem teria começado a agir de maneira estranha logo após o fim da relação. A mãe da pequena Zoey contou ao New York Post que ela chegou a pensar que o ex poderia machucá-la, mas não à filha: “Minha filha era perfeita. Ela estava amando, sempre sorrindo e tão carinhosa”, disse.

A pequena Zoey chegou a ser socorrida para um hospital da região, mas não resistiu devido à gravidade dos ferimentos. O pai dela, por sua vez, foi encontrado ainda no domingo e acabou preso. Ele deve responder pelo assassinato da garota.

Comentários