Home Notícias BH Travesti é morta a facadas por não pagar o ‘ponto’ na região da Pampulha

Travesti é morta a facadas por não pagar o ‘ponto’ na região da Pampulha

Uma travesti de 25 anos foi morta a facadas na avenida Dom Pedro I, no bairro Santa Branca, na região da Pampulha em Belo Horizonte, nesse domingo (23). De acordo com a Polícia Militar (PM), a vítima era garota de programa e trabalhava no local onde ocorreu o crime.

Outras travestis contaram aos policiais que a vítima vinha sendo ameaçada de morte, pois não estava pagando o “ponto” para a pessoa que gerencia o local. Segundo elas, o último contato com a vítima foi feito pelo WhatsApp na noite de sábado (11).

O corpo encontrado, em um beco próximo do viaduto Montese, entre a avenida Pedro I e a rua Sapucaí Mirim, estava com várias perfurações, principalmente na região do pescoço.

Devido à dificuldade para chegar ao local, foi preciso acionar o Corpo de Bombeiros para a remoção do corpo. A perícia da Polícia Civil constatou 15 golpes de faca que atingiram as costas, ombros, cabeça e pescoço. A vítima estava sem documentos e as informações foram conseguidas com as testemunhas.

A ocorrência foi encerrada na 3ª Delegacia de Plantão de Venda Nova e nenhum suspeito preso.

Comentários