Home Notícias Brasil Pai mata filha e enteada após suposta traição da mulher: ‘Queria que ela sentisse a mesma dor que eu’

Pai mata filha e enteada após suposta traição da mulher: ‘Queria que ela sentisse a mesma dor que eu’

Um homem foi preso suspeito de matar a filha e a enteada em Guarulhos, na Grande São Paulo, na tarde dessa quarta-feira (15). De acordo com a polícia, o crime aconteceu por volta das 12h, no bairro Bonsucesso e, logo depois, o criminoso fugiu para Santos, no litoral. Ele foi preso no início da noite.

O açougueiro Clayton Almeida de Jesus, de 34 anos, é acusado de matar a filha Priscila Beatriz Tavares, de 3, e Edmilly Geovana Tavares, sua enteada, de 8. As crianças teriam sido mortas por vingança, já que a esposa teria confessado, no último domingo (12), que ela teria o traído.

Um bilhete foi enviado para os avós das crianças, em que o assassino confessava o crime, explicava a motivação e dizia que havia fugido. O avô das crianças procurou a Guarda Civil Metropolitana, que encontrou as vítimas.

A suspeita é que as duas tenham sido asfixiadas dentro de casa. As meninas foram encontradas abraçadas, sem vida, dentro um quarto da residência.

Ele foi localizado dentro de uma igreja evangélica, em Santos (SP). De acordo com a polícia, ele estava muito tranquilo e não ofereceu resistência. Em depoimento, o homem afirmou que ‘gostaria que a esposa sentisse a mesma dor que eu’. O suspeito ainda pretendia matar os filhos do chefe da mulher, que seria o amante.

Clayton foi encaminhado para a Delegacia Seccional de Guarulhos. Segundo a Polícia Civil, ele passará por uma audiência de custódia ainda nesta quinta-feira (16).

Comentários