Home Notícias Internacional Mulher é demitida após permitir que aluno pagasse lanche no dia seguinte

Mulher é demitida após permitir que aluno pagasse lanche no dia seguinte

Uma funcionária responsável pelas refeições de uma escola nos Estados Unidos foi demitida após deixar um aluno que não podia pagar a refeição quitar o valor no dia seguinte. Ela conhecia os pais do menino desde que eram crianças e estava confiante de que ele pagaria a conta de 8 dólares (equivalente a R$ 32,80), o que realmente aconteceu.

Mesmo tendo conhecimento sobre o garoto, Bonnie Kimball foi demitida da Escola Secundária Regional de Mascoma Valley, em New Hampshire, nos EUA. O responsável pela ação foi o gerente distrital da Café Services, empresa de serviços alimentício, que segundo o noticiário norte-americano CNN, questionou a funcionária: “Você entende que o que você fez foi errado? Isso foi roubo”.

O canal de notícias ainda relata que a funcionária recebeu uma carta afirmando que teria violado procedimentos de Manuseio de Dinheiro, a Política de Cobrança de Escolas e a Regulamentação Federal que regem as refeições gratuitas. Além disso, diz que o gerente estava no local e testemunhou um estudante passando pela fila com vários alimentos pelos quais não tinha sido cobrado.

Apesar das controvérsias entre Bonnie e a empresa, os funcionários da escola ficaram chateados com a situação e alguns até se demitiram em solidariedade à colega de trabalho. Além disso, alguns pais também disseram que ficaram chateados com a saída repentina da mulher e exigiram que ela fosse recontratada, o que não ocorre.

Comentários