Home Notícias Internacional Prefeitura de cidade com apenas 600 moradores distribuirá Viagra para estimular fertilidade

Prefeitura de cidade com apenas 600 moradores distribuirá Viagra para estimular fertilidade

A prefeitura da cidade de Montereau, no interior da França, que tem apenas 600 habitantes, decidiu estimular os moradores a terem mais filhos. O prefeito Jean Debouzy decidiu apostar em uma nova ideia: distribuir Viagra.

Segundo decreto publicado no diário oficial do município, “o prefeito é favorável à distribuição das ‘pequenas pílulas azuis’, que serão disponibilizadas aos casais entre 18 e 40 anos para que tenham todas as possibilidades de conceber e preservar a escola de duas cidades”. Debouzy sabe que a solução é inusitada, mas, de acordo com ele, o motivo para adotar tal medida é bem sério.

A escola da cidade, que também atende o município de Cour-Marigny, pode fechar por falta de alunos. “Uma ou duas das quatro classes poderão fechar as portas. Os alunos poderão ter que estudar em outras cidades. Gostaríamos que eles ficassem aqui”, explicou o prefeito ao The Local.

“Foi um jeito que encontrei para falarem da escola”, falou o político. “Todo mundo sabe o que são essas pílulas azuis, não preciso explicar. É preciso um pouco de bom humor às vezes”, explicou.

Na França, o Viagra só pode ser obtido com receita médica, portanto a legalidade do decreto é questionável. Debouzy admitiu que o movimento foi para atrair a atenção e tentar obter ajuda do governo para manter a escola aberta.

Prefeitos locais também tomaram iniciativas irônicas, como a do prefeito de Montereau e suas pequenas pílulas azuis. O prefeito de Sainte-Geneviève-des-Bois, por exemplo, também no departamento de Loiret, emitiu recentemente um decreto que proíbe que os moradores da cidade adoeçam. O objetivo foi destacar a falta de assistência médica na área.

Comentários