Home Notícias BH PBH prepara ações emergenciais para atender moradores de rua no frio

PBH prepara ações emergenciais para atender moradores de rua no frio

O inverno ainda não chegou, oficialmente – será em 21 de junho -, mas Belo Horizonte registrou temperaturas mínimas entre 9° C e 13° C esta semana, com sensação térmica que chegou a cinco graus negativos. Com cerca de 4,5 mil pessoas vivendo nas ruas da capital, estão em fase de elaboração, de forma emergencial, as estratégias de contingência que a prefeitura (PBH) vai adotar para acolher essas pessoas. 

Uma delas, segundo a Secretaria Municipal de Abastecimento, Segurança Alimentar e Cidadania (Smasac), é a ampliação de vagas temporárias em algumas unidades de acolhimento.

A cidade tem hoje 14 centros, com 1.054 vagas, que funcionam como abrigos para famílias, públicos feminino e masculino adultos e adolescentes que cumprem medidas socioeducativas.

O acolhimento provisório é voltado para pessoas em situação de rua e desabrigo por abandono, migração e ausência de residência ou pessoas em trânsito e sem condições de autossustento. Nos locais, as pessoas têm espaço para pernoitar, guardar seus pertences, fazer a higiene pessoal e se alimentar. A PBH providencia também, para quem precisa, a documentação civil.

Para este ano, o orçamento previsto para as políticas públicas voltadas para a população em situação de rua é R$ 28,8 milhões, segundo informou a Smasac.

O número de moradores de rua em Belo Horizonte é uma estimativa da PBH, uma vez que, segundo a Smasac, ele é flutuante, devido à migração, retorno à família, desemprego, entre outros fatores. “Vale lembrar, ainda, que as famílias usuárias dos serviços de acolhimento e habitação que foram inseridas pela condição de vida nas ruas permanecem na lista, considerando a necessidade de acompanhamento, pois apesar de não estarem em situação de rua, têm trajetória de vida nas ruas”, explica o órgão em nota ao BHAZ.

Desde 2018, em parceria com a Defesa Civil, a Subsecretaria de Assistência Social tem disponibilizado cobertores para distribuição quando identificada a necessidade. A solicitação pode também ser feita diretamente ao Plantão do órgão que funciona 24h, na rua dos Goitacazes, 1.752 – Barro Preto.

A equipe do Serviço Especializado de Abordagem Social está orientada a intervir, ainda, nos casos mais urgentes e de forma direcionada, acionando os serviços de saúde e Defesa Civil sempre que necessário.

Abrigos

I. Albergue Tia Branca
400 vagas em atendimento pernoite (masculino)
Entrada a partir das 17h, até às 20h30. Saída às 7h do dia seguinte.
Atendimentos técnicos de 2ª a 6ª feira, das 8h às 21h.
Rua Conselheiro Rocha, 351, Floresta – (31) 3277-1639

II. Abrigo São Paulo
200 vagas em atendimento pernoite (masculino, feminino e famílias)
Horário de funcionamento: Para pernoite, entrada a partir das 17h, até às 20h30. Saída às 7h do dia seguinte. 24 horas para casos de permanência dia. Atendimento técnico diária, das 8h às 20h.
Rua Elétron, 100, Primeiro de Maio – (31) 3433-4993

III. Abrigo Pompéia
30 vagas para acolhimentos de famílias
Rua Coronel Otávio Diniz, 29 – Pompeia – (31) 3277-5690/5753

IV. Abrigo Granja de Freitas
102 vagas para acolhimento de famílias
Rua Diniz Dias, 145 – Granja de Freitas – (31) 3277-5706/5620

V. Abrigo Maria Maria
40 vagas para acolhimento para adulto feminino;
Rua Ubá, 01 – Colégio Batista (31) 3277-6099

VI. Abrigos Anita I
69 vagas para acolhimento de adultos masculino
Av. Paraná, 103 – Centro (31) 3277-4516/4566

VII. Abrigos Anita II
51 vagas para acolhimento de adultos masculino
Av. Paraná, 103 – Centro (31) 3277-4516/4566

VIII. Abrigo Reviver
50 vagas para adultos (masculino).
Av. Amazonas,5801 – Gameleira (31) 3277-6034

IX. Abrigo Fábio Alves
44 vagas para adultos (masculino).
Av. Nossa Senhora de Fátima, 3076 – Carlos Prates (31) 3246-7047

X. Unidade Pós Alta Hospitalar
20 vagas para alta hospitalar exclusivo para pessoas em situações de pessoas, sem dependência.
Rua Além Paraíba, 181, Lagoinha – (31) 3423-8749

XI. Unidade de Acolhimento de Adolescentes em Trajetória de Vida das Ruas – Casa Esperança III
12 vagas adolescentes feminino, com aplicação de medida protetiva.

XII. Unidade de Acolhimento de Adolescentes em Trajetória de Vida das Ruas – Casa Travessia
12 vagas adolescentes masculino, com aplicação de medida protetiva.

XIII. Unidade de Acolhimento de Adolescentes em Trajetória de Vida das Ruas – Casa Bem Te Vi
12 vagas adolescentes masculino, com aplicação de medida protetiva.

XIX. Unidade de Acolhimento de Adolescentes em Trajetória de Vida das Ruas – Casa Francisco de Paula de Jesus III
12 vagas adolescentes masculino, com aplicação de medida protetiva.

Centros POP

Além das unidades de acolhimento e do serviço especializado de abordagem social ofertado nas nove regionais do município, por meio do Creas, o município também conta com três Centros Especializados para População em Situação de Rua – Centro POP:

  • Centro POP Leste – Rua Conselheiro Rocha, 351, Floresta – (31) 3277-1639
    – Centro POP Centro-Sul – Av. do Contorno, 10852 – Barro Preto – (31) 3277-4555
    – Centro POP Miguilim – Rua Varginha, 210, Floresta – (31) 3277- 6902

*Funcionamentos aos sábados, domingos e feriados.

Comentários