Home Guia Bhaz DE GRAÇA! 1º Festival de Arte e Cultura de Casa Branca é opção para o feriadão; ato homenageia atingidos por barragem

DE GRAÇA! 1º Festival de Arte e Cultura de Casa Branca é opção para o feriadão; ato homenageia atingidos por barragem

Vai ficar no feriadão de Corpus Christi em Belo Horizonte ou região? Que tal curtir a sexta e o sábado (21 e 22) num festival de arte e cultura com cinema ao ar livre, oficinas, teatro, performance, miniconcertos e shows?

O 1º Festival de Arte e Cultura de Casa Branca (Casa Branca Fest), distrito de Brumadinho, na Grande BH, será realizado durante  feriado de Corpus Christi no povoado que ainda sofre as consequências do rompimento da barragem da Vale.

A ideia de organizar um festival de arte e cultura partiu de quatro amigos, que moram no povoado de Casa Branca e têm atuação nas áreas da dança, audiovisual, design, tecnologia e moda.

Serão cerca de 30 atividades, que vão ocupar três “estruturas”: o estacionamento da Pousada Vista da Serra, o Centro de Atendimento ao Turista (CAT) e a Quadra do bairro Jardim Casa Branca.

Por meio da programação, o Casa Branca Fest pretende colaborar para restabelecer a autoestima da população, gerar articulações entre a comunidade e propor alternativas de desenvolvimento por meio da economia criativa: o turismo ecológico (visitação consciente a trilhas, cachoeiras), a sustentabilidade (novas formas de ocupação espacial e econômica) e a valorização do comércio local.

Elaborada integralmente de forma solidária e colaborativa (artistas e organizadores doaram os cachês), a programação nos dois dias tem início às 10h, com a pintura de um mural por Clara Valente e Gabriel Dias, artistas já conhecidos por trabalhos em grandes dimensões realizados em Belo Horizonte.

Um dos destaques da programação é a exibição no dia 21 (sexta), às 19h, do filme “Antes que eu me esqueça”, dirigido por Tiago Arakilian (também morador de Casa Branca), com José de Abreu e Danton Mello no elenco. O filme foi premiado em vários festivais nacionais e internacionais.

Manu Dias, Thiago Delegado (C, de boné) e Renegado (E, de boné preto) comandam o Samba de Vera (Beth Freitas/Divulgação)

No sábado, às 15h30, o Samba da Vera, com músicos do Alto Vera Cruz, apresenta-se acompanhado de Flávio Renegado e Manu Dias. A cantora, dançarina e percussionista Danuza Menezes fará apresentação também no dia 22, a partir das 21h.

Já a programação infantil terá apresentações do Palhaço Popó e do grupo Trampulim, além de oficinas, cinema e um aulão de capoeira com mestre Pernalonga.

Casa Branca fica a apenas 40 quilômetros (veja abaixo como chegar) do Centro de Beagá e está localizado no centro de um circuito cultural e gastronômico, formado, entre vários outros, pelo Instituto Inhotim; o JACA – Centro de Arte e Tecnologia, no bairro Jardim Canadá; o C.A.S.A. – Centro de Arte Suspensa & Armatrux, em Nova Lima; e muitas outras galerias de arte, ateliês de cerâmica e inúmeros restaurantes. O festival conta com apoio da Prefeitura de Brumadinho via Secretaria Municipal de Turismo e Cultura.

Quem são os organizadores

Dudude Herrmann (bailarina, diretora e coreógrafa), Fred Paulino (artista, designer e curador), Thais Mol (especializada em moda e cinema documentário) e Dani Penna (designer, artista plástica e educadora) elaboraram o 1º Festival de Arte e Cultura de Casa Branca como um catalisador para se pensar o vilarejo não só́ como um ponto de turismo e habitação “alternativa”, mas como uma referência de fluxo de produção criativa no entorno da capital.

Para transformar a realidade local

Com o rompimento da barragem da Vale da Mina Córrego do Feijão em janeiro, a população de Casa Branca tem sofrido sensivelmente os efeitos econômicos e sociais do desastre. Na concepção dos organizadores do Festival, os artistas entendem que a região de Brumadinho tem grande potencial para deixar de ser reconhecida somente como um eixo minerário e despontar como um eixo cultural.

Um ato em memória aos atingidos será realizado na sexta-feira (21), com a a participação de Patrícia Lobato e Renato Motha, duo elogiado pelos críticos musicais do país, junto às cantoras locais Amelia, Thais e Thainara. O horário de 12h20 é o mesmo em que a barragem se rompeu, no dia 25 de janeiro deste ano.

Serviço

1º Festival de Arte e Cultura de Casa Branca

Quando? 21 e 22 de junho, a partir das 10h
Onde? Casa Branca – distrito de Brumadinho (acesso pela BR-040, depois do posto Chefão, pegue a direção para o Parque Estadual Serra do Rola Moça)
Quanto? Gratuito


Comentários