Home Notícias BH Mulher passa mal em ônibus durante protesto e é internada em estado grave em BH

Mulher passa mal em ônibus durante protesto e é internada em estado grave em BH

ATUALIZADO ÀS 15H DO DIA 25/06/2019: O Hospital Risoleta Tolentino Neves emitiu nota afirmando que “os exames realizados não evidenciaram intoxicação por monóxido de carbono”. O título e o texto desta reportagem foram atualizados, já que a PM relatou inicialmente que a mulher foi internada após inalar fumaça.

Uma mulher de 52 anos está internada em estado grave no Centro de Tratamento e Terapia Intensiva (CTI) do Hospital Risoleta Tolentino Neves, em Venda Nova. A vítima seguia de ônibus para o trabalho quando passou mal na avenida Antônio Carlos, durante protesto, nesta sexta-feira (14), na Pampulha.

De acordo com a Polícia Militar (PM), a corporação estava realizando patrulhamento no local quando militares visualizaram uma pessoa passando mal e recebendo ajuda de populares. As pessoas informaram à PM que a mulher havia inalado fumaça da queima de pneus e de outros materiais que bloqueavam a via (posteriormente, o Hospital Risoleta Tolentino Neves informou que os exames descartaram intoxicação:
https://bhaz.com.br/2019/06/18/hospital-descarta-morte-mulher-fumaca/ ).

Como a vítima começou a passar muito mal, inclusive espumando pela boca e a perder a consciência, os militares a levaram ao Risoleta Neves. Ao chegar na unidade de saúde, a mulher sofreu uma parada cardiorrespiratória.

Ao BHAZ, a assessoria do hospital informou que o quadro dela continua grave e que no fim da manhã ela deu entrada no centro de tratamento intensivo (CTI).

Comentários