Home Notícias Minas Gerais Jovem baleada na cabeça em Uberaba estava em Uber roubado por bandidos

Jovem baleada na cabeça em Uberaba estava em Uber roubado por bandidos

A mulher baleada durante o assalto a banco em Uberaba, na madrugada desta quinta-feira (27), estava em um Uber roubado pelos bandidos.

Segundo a Polícia Militar, no momento da fuga, os criminosos tentaram roubar o carro que presta serviços pelo aplicativo e, no ataque, atiraram na cabeça da vítima. Não foi informado se ela era motorista ou passageira do veículo.

A mulher, que não teve o nome divulgado, foi levada para o Hospital da Clínicas da Universidade de Uberaba, onde passou por uma cirurgia. Ela respira com a ajuda de aparelhos e seu estado de sáude é considerado gravíssimo.

O homem baleado dirigia uma caminhonete na zona rural da cidade e também foi atingido quando os assaltantes roubaram o veículo.

O ataque

Segundo a Polícia Militar, cerca de 30 criminosos explodiram caixas eletrônicos e assaltaram uma agência do Banco do Brasil em Uberaba durante a madrugada.

O ataque causou pânico entre moradores da região. Foram mais de três horas de tiroteio e, na fuga, o bando, que estava em carros, caminhonetes e caminhões fez moradores reféns e chegou a usar um homem como escudo humano amarrado ao para-brisa de um veículo. Pelo menos duas pessoas foram baleadas.

Hoje pela manhã, a polícia cercou um caminhão ocupado por aproximadamente 10 criminosos na Rodovia BR-262, entre Araxá e Uberaba. Os policiais conseguiram negociar a rendição dos suspeitos e a liberação dos sete reféns.

Vários estabelecimentos da região tiveram janelas, portas e paredes perfuradas. Um quartel do Corpo de Bombeiros também foi atingido pelos tiros.

Orientada pela polícia, a Prefeitura de Uberaba determinou que os órgãos públicos municipais fiquem fechados nesta manhã e apenas setores de atendimento médico de urgência funcionem. As aulas e os serviços de transporte escolar foram suspensos. O transporte público foi retomado por volta das 9h.

Segundo a PM, 10 suspeitos foram presos até o momento.


Comentários