Home Notícias Política CMBH arquiva cassação de vereador acusado de praticar ‘rachadinha’

CMBH arquiva cassação de vereador acusado de praticar ‘rachadinha’

A Câmara Municipal de Belo Horizonte (CMBH) arquivou na tarde desta segunda-feira (1º) o pedido de cassação contra o vereador Flávio dos Santos (Podemos).

O parlamentar é acusado de ter praticado o esquema conhecido como “rachadinha”, quando funcionários de gabinete devolvem parte do salário para o político.  

Ao todo, 15 vereadores votaram pela abertura do processo, eram necessários 21 votos para abertura. Além disso, 14 votaram contra e 3 se abstiveram da votação.

Flávio dos Santos

Nascido em Santa Bárbara, na região Central de Minas, em 1942, Flavio Estevam dos Santos é sargento militar reformado. Graduado em Matemática pela UFMG, foi agente do Departamento Estadual de Trânsito e Policial Rodoviário, antes de ingressar na Polícia Militar de Minas Gerais. Trabalhou, ainda, na Legião da Boa Vontade e fundou, em 2003, a Fraternidade Espírita Luz, Bondade e Verdade, no Bairro Saudade, Região Leste da Capital.

Em 2017, depois de obter 4.396 votos nas últimas eleições, Flávio dos Santos assume seu primeiro mandato eletivo na Câmara Municipal, no qual pretende se guiar pelo ideal espírita de amor ao próximo, zelando por uma boa aplicação dos recursos públicos e lutando pela melhoria dos parques, cemitérios e de outros serviços e equipamentos municipais.

Comentários