Home Guia Bhaz Mostra Almodóvar exibe, DE GRAÇA, os melhores filmes do cineasta em BH

Mostra Almodóvar exibe, DE GRAÇA, os melhores filmes do cineasta em BH

Pedro Almodóvar, um dos mais expressivos cineastas da Espanha e do mundo, é o protagonista na nova mostra do Cine Humberto Mauro, em Belo Horizonte. Reunindo várias obras do diretor, a Mostra Almodóvar se dedica aos melodramas e comédias, com temas como homossexualidade, transexualidade, prostituição, sexo, terrorismo e corrupção.

Reconhecido pelas sua estética e tramas exageradas, com cenários coloridos e narrativas trágicas, Almodóvar foi premiado em diversos festivais mundiais, como Oscar, Bafta, Globo de Ouro e Festival de Cannes e revelou uma série de atores que viriam a se tornar grandes talentos hollywoodianos.

Integrando o período de férias escolares, a mostra busca resgatar a trajetória de Almodóvar após o lançamento de Dor e Glória (2019), longa que estreou nos cinemas brasileiros na última semana. De fora da programação do Cine, só ficaram os sete curtas-metragens do começo da carreira do cineasta, Os Amantes Passageiros (2013) e o filme deste ano.

A filmografia de Almodóvar perpassa movimentos de contracultura em resposta à ditadura espanhola de Francisco Franco, que durou 35 anos. Ao contar histórias que não eram permitidas durante esse período, Almodóvar traz à tona culturas alternativas e subterrâneas em cenas absurdas capazes de levar o espectador do riso às lágrimas em pouquíssimo tempo.

“São histórias que muitas vezes são divertidas e engraçadas, mas que contém tragédias e questões reais que as pessoas queriam ver. Esses filmes ajudaram a definir o que é a Espanha moderna, mostrando a realidade do que estava acontecendo no mundo de maneira autoral”, explica Vítor Miranda, que assina a curadoria da mostra juntamente de Bruno Hilário, gerente do Humberto Mauro.

Ainda que retrate o universo das mulheres, LGBT’s, e prostitutas, Almodóvar não busca levar um discurso politizado a seus filmes, mas sim retratar pessoas na sua complexidade humana, o que lhe rendeu críticas e elogios. Com mistura de gêneros cinematográficos e atuações e narrativas novelescas, a obra do cineasta espanhol explora, também, o elemento kitsch, termo em inglês que se refere à arte da imitação de comportamentos e gostos burgueses, acabando por resultar numa estética considerada feia, ultrapassada ou exagerada.

Serviço

Mostra Almodóvar no Cine Humberto Mauro

Quando? Até quinta-feira (18)
Quanto? Entrada grauita
Onde? Cine Humberto Mauro – Palácio das Artes (avenida Afonso Pena, 1537, Centro, BH)

Confira a programação das sessões que vão até quinta (18):

Hoje (12)
16h – Ata-me!, de Pedro Almodóvar (¡Átame!, ESP, 1989) | 16 anos
18h – Labirinto de Paixões, de Pedro Almodóvar (Laberinto de pasiones, ESP, 1982) | 16 anos
20h – Mulheres à Beira de um Ataque de Nervos, de Pedro Almodóvar (Mujeres al borde de un ataque de “nervios”, ESP, 1988) | 12 anos

Sábado (13)
16h – Kika, de Pedro Almodóvar (ESP-FR, 1993) | 14 anos
18h15 – Tudo Sobre Minha Mãe, de Pedro Almodóvar (Todo sobre mi madre, ESPFRA, 1999) | 14 anos
20h15 – Volver, de Pedro Almodóvar (ESP, 2006) | 12 anos

Domingo (14)
18h – A Lei do Desejo, de Pedro Almodóvar (La ley del deseo, ESP, 1987) | 16 anos |
20h – Má Educação, de Pedro Almodóvar (La mala educación, ESP, 2004) | 16 anos

Segunda-feira (15)
16h – De Salto Alto, de Pedro Almodóvar (Tacones lejanos, ESP, 1991) | 18 anos
18h15 – Maus Hábitos, de Pedro Almodóvar (Entre tiniebla, ESP, 1983) | 16 anos |
20h30 – Pepi, Luci, Bom e Outras Garotas de Montão, de Pedro Almodóvar (Pepi, Luci, Bom y otras chicas delmontón, ESP, 1980) | 16 anos

Terça-feira (16)
16h – Matador, de Pedro Almodóvar (ESP, 1986) | 16 anos
18h15 – A Flor do Meu Segredo, de Pedro Almodóvar (La flor de mi secreto, ESP, 1995) | 16 anos
20h15 – A Pele que Habito, de Pedro Almodóvar (La piel que habito, ESP, 2011) | 16 anos

Quarta-feira (17)
16h – Carne Trêmula, de Pedro Almodóvar (ESP-FRA, 1997) | 16 anos
18h – Fale com Ela, de Pedro Almodóvar (Hable con ella, ESP, 2002) | 14 anos
20h15 – Tudo Sobre Minha Mãe, de Pedro Almodóvar (Todo sobre mi madre, ESPFRA, 1999) | 14 anos

Quinta-feira (18)
15h – Julieta, de Pedro Almodóvar (ESP, 2016) | 14 anos
20h – Abraços Partidos, de Pedro Almodóvar (Los abrazos rotos, ESP, 2009) | 14 anos

Comentários