Home Guia Bhaz Inspirado em teatro espanhol, La Movida de BH tem micropeças com 15′ de duração

Inspirado em teatro espanhol, La Movida de BH tem micropeças com 15′ de duração

Entre quarta-feira e sábado (17 e 20), o La Movida Microteatro – Bar vai oferecer aos belo-horizontinos uma ótima oportunidade de experimentar diversos estilos das artes cênicas numa mesma noite.

O Coletivo Movasse vai apresentar PlaylistA – ¼ de Dança, que é a primeira micropeça de dança que integrará a programação do espaço. Nas outras microsalas as micropeças Atendendo a Pedidos, de Robson Vieira, e Benjamin Franklin em NY, com Luciano Luppi, apresentam características dos teatros contemporâneo e clássico, respectivamente, em suas concepções.

Para Marco Túlio Zerlotini, um dos idealizadores do La Movida, “a programação desta semana é um ótimo exemplo da possibilidade de experimentações diferenciadas que o público pode ver, que é uma característica bastante específica da estrutura do microteatro”.

As três produções vão se apresentar apenas nesta semana, de quarta a sábado, com três sessões por noite cada uma, a partir de 20h. O La Movida abre as portas às 18h. No sábado (20), o La Movida vai integrar a Programação Associada da Virada Cultural de BH.

Sobre as micropeças

PlaylistA – ¼ de Dança, trabalho de improvisação em dança do Coletivo Movasse. Essa será a primeira micropeça de dança a se apresentar no La Movida.

Benjamin Franklin em NY: a partir da descoberta de que seu tipo físico aproximava-se do líder americano Benjamin Franklin, foi proposto ao ator Luciano Luppi criar uma cena onde se pudesse falar do sonho de um grande homem e a realidade nua e crua do capitalismo americano de Donald Trump. Uma crítica ao capitalismo feita de contraponto entre o discurso e a realidade.

Atendendo a Pedidos: é um solo performático, composto de seis células que mudam de ordem a cada apresentação. “Atendendo a pedidos” revisita a eterna relação entre criador e criatura. Direitos, desejos, escolhas… Aqui se pede, aqui se pode! A plateia poderá escolher qual célula irá assistir. Cuidado com o que você pede!

“O conceito de micropeça é diferente de cena curta. Os formatos têm em comum somente a duração, de 15 minutos. A micropeça é feita para espaços menores e todo o aparato que envolve a criação de uma micropeça é dimensionado em cima disso. Este contexto determina a relação entre o público e os atores e resulta noutra experiência. Como artista, por exemplo, se apresentar em uma sala de 15m² é completamente diferente de se apresentar em um teatro para 300 pessoas”, explica Marco Túlio Zerlotini, coordenador de comunicação do La Movida.

La Movida Microteatro – Bar

O La Movida Microteatro – Bar é inspirado no Movida, movimento contracultural ocorrido na Espanha, especialmente em Madrid, nos anos 1980 após a morte do ditador Franco, no processo de redemocratização do país. A movida foi importante, pois agitou intensamente a vida artística da capital espanhola. Qualquer semelhança não é mera coincidência.

A ação também é uma movida na vida artística de Belo Horizonte, com outra oportunidade para criar, produzir e consumir artes cênicas. Outra forma de viver o teatro, outra forma de viver de teatro. Na capital mineira, o La Movida quer se consolidar como um coworking artístico, feito para os artistas trabalharem em uma estrutura e formato dinâmicos.

O La Movida Microteatro Bar estará aberto ao público de quarta a sábado, sendo nas quartas e nas quintas de 18h às 23h e nas sextas e sábados de 18h às 00h30. A entrada no espaço é gratuita e os ingressos por micropeça custam R$ 10, com venda exclusivamente na bilheteria do local. Toda a renda dos ingressos é dos artistas participantes.

Programação de 17 a 20/7

 PlaylistA – ¼ de Dança, do Coletivo Movasse. Horários: 20h, 20h30 e 21h.

– Benjamin Franklin em NY, com Luciano Luppi. Horários: 20h10, 20h40 e 21h10.

– Atendendo a Pedidos, com Robson Vieira. Horários: 20h20, 20h50 e 21h20.

Serviço

La Movida Microteatro Bar

Onde? Rua Marechal Deodoro, 308 – Floresta – BH

Quanto? Para entrar no espaço, não há cobrança de ingresso. Para assistir às micropeças os ingressos custam R$ 10, vendidos exclusivamente na bilheteria do espaço.

Informações para o público? (31) 3504-9424

Comentários