Home Carreiras Processo seletivo para atuar na Uaitec está aberto; bolsas chegam a R$ 3 mil

Processo seletivo para atuar na Uaitec está aberto; bolsas chegam a R$ 3 mil

Da Agência Minas

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede) está com seleção aberta para bolsistas que atuarão no programa da Universidade Aberta e Integrada de Minas Gerais (Uaitec).

Ao todo, 10 vagas estão disponíveis para Belo Horizonte e os valores das bolsas são de R$ 2.186,86 e R$ 3 mil. O edital do processo seletivo simplificado, que é realizado em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig), está publicado em www.desenvolvimento.mg.gov.br.

As vagas de trabalho abertas, com dedicação de 40 horas semanais, são para:

  • analistas de desenvolvimento de sistemas web;
  • assistente de comunicação;
  • assistente de gestão e relacionamento;
  • assistente de implantação;
  • assistente educacional;
  • assistente de suporte de informática

A bolsa é concedida pelo prazo de até 11 meses, admitindo-se renovação por até mais 12 meses, de acordo com a vigência do projeto. As etapas de seleção são: inscrição, habilitação, análise de currículo e entrevista. O resultado final está previsto para ser divulgação no dia 15 de agosto.

Todas as etapas são obrigatórias e, algumas, eliminatórias. Os selecionados vão trabalhar no projeto Rede Uaitec, que é composto por um conjunto de polos de Educação a Distância (EAD).

O objetivo é ampliar as capacidades local e regional, para combater a exclusão social, gerar trabalho e renda, contribuindo para a melhoria do nível de vida da população, com foco na formação e qualificação profissional.

Uaitec

A Rede Uaitec é um programa do Governo de Minas, coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, que oferece, de forma gratuita, qualificação profissional, por meio da implantação de uma rede de polos de educação a distância. O programa visa ampliar e democratizar o acesso a conteúdos pedagógicos que sirvam para qualificação e requalificação da mão de obra e para formação profissional dos cidadãos.



Comentários