Home Notícias Brasil Mulher tem o couro cabeludo arrancado durante corrida de kart e é internada em estado grave

Mulher tem o couro cabeludo arrancado durante corrida de kart e é internada em estado grave

Uma mulher de 19 anos teve o couro cabeludo e parte da pele arrancados em um acidente de kart, em Recife (PE), nesse domingo (11). Débora Stefanny Dantas de Oliveira participava de uma corrida de kart com o namorado, pela primeira vez, quando seus cabelos prenderam nas engrenagens do veículo. O local foi interditado, e a Polícia Civil investiga o caso.

O acidente aconteceu no estacionamento do Walmart, na avenida Fernando Simões Barbosa com a rua Padre Carapuceiro, em Boa Viagem, na região Sul da capital. Desde o ocorrido, a jovem passou por uma cirurgia e está internada no Hospital da Restauração, em estado grave.

A vítima tinha cabelos longos, que chegavam até a cintura. Ela usou a touca de proteção, como recomendado, mas o assessório pode ter se soltado, por conta do cabelo ser muito liso.

“Foi um negócio muito rápido. A gente estava no kart, eu dei a primeira volta. Vi que o carro dela parou, quando eu ia ultrapassar, achei que ela tinha batido. Quando eu parei, ela tava com daqui [da testa] para cima todo cortado, só estava o osso”, disse o microempresário Eduardo Tumajan, namorado da vítima, em entrevista coletiva no hospital.

Procon/Divulgação

Desespero

Logo após o ocorrido, ele conta que foi socorrê-la rapidamente. “A gente esperou por ajuda, mas não veio ajuda. O máximo que fizeram foi ligar para o Samu [Serviço de Atendimento Móvel de Urgência] e os seguranças assim ficaram de longe olhando”, explicou Eduardo. O couro cabeludo e parte da pele arrancada da jovem foram colocados em uma sacola, e levados junto a ela para o hospital.

Ao G1, Andréa Tumajan, sogra de Débora, relatou os momento de terror vividos. “Ela estava estendida no chão, não teve socorro. Alguém que trabalha lá estava ao lado dela e ela estava desmaiada, numa poça de sangue. Ele [Eduardo] estava desesperado, pensando que ela estava morta”, disse.

“A imagem foi chocante, não consegui chegar perto. Um verdadeiro parque de horrores. Ela estava sem nenhum cabelo, arrancou o couro cabeludo com tudo. Vocês não imaginam a dor de pegar um saco cheio do cabelo dela”, complementou.

Procon/Divulgação

Local interditado

De acordo com a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos do Estado de Pernambuco, o Procon interditou nessa segunda-feira (12) “o Adrenalina Kart Racing, que funciona no estacionamento do Walmart, localizado no bairro de Boa Viagem, Zona Sul do Recife”. Ainda segundo nota, “o local foi interditado por questões de segurança, como cita o artigo 6, do Código de Defesa do Consumidor, onde fala da proteção da vida, saúde e segurança contra os riscos provocados por práticas no fornecimento de produtos e serviços considerados perigosos ou nocivos”.

Ao ser perguntado sobre autorização para o local funcionar, um dos sócios do estabelecimento disse que não tinha os documentos. “Diante do ocorrido, e após o representante do estabelecimento verbalizar que não tem o documento, vamos interditar por tempo indeterminado”, explicou a gerente de fiscalização do Procon, Danyelle Sena.

Os responsáveis pelo local terão 10 dias para apresentar defesa, mas eles serão autuados e multados. O Walmart também será notificado, como empresa solidária para, também, prestar esclarecimentos já que é proprietária do estacionamento onde funcionava o kart.

‘Fatalidade’

O BHAZ tentou contato com Vanderlei Dreyer, representante da Adrenalina Kart Racing, mas não obteve retorno. À Folha de Pernambuco, o empresário classificou o ocorrido como uma “fatalidade”.

“Atuamos há mais de 20 anos no ramo de karting no Brasil inteiro. Infelizmente, houve essa fatalidade. A gente não esperava por isso. Não estamos preocupados com o que vai acontecer com a empresa, estamos preocupados com a saúde da menina”, explicou o empresário, que é pai do dono do local em Recife.

Por nota, a Polícia Civil de Pernambuco informou que “está investigando o acidente”, e que “foi instaurado inquérito policial para apurar o caso e identificar os responsáveis. O delegado Alfredo Jorge, titular da Delegacia de Boa Viagem é quem está comandando as investigações”.

O Walmart também foi procurado pelo BHAZ, mas até o momento não se posicionou sobre o caso. Assim que for enviado uma nota, esta matéria será atualizada.

Proteção é essencial

Para ter uma diversão segura, medidas protetivas devem ser adotadas antes da corrida. De acordo com o blog especializado em automobilismo, PitLane, os itens necessários para utilização na hora de usar o kart são: capacete, balaclava, macacão, luvas e proteção de pescoço.

No caso de Débora, faltaram a proteção de pescoço e o macacão. De acordo com informações iniciais pelas autoridades locais, a balaclava, que é um capuz que se coloca sobre a cabeça e tampa do queixo até a boca, foi colocada. A proteção se torna ainda mais essencial para mulheres ou homens que tenham os cabelos compridos. Os cabelos devem ser colocados dentro da touca e nenhum fio com mais de 10 centímetro pode estar para fora.

Vitor Fernandes

Vitor Fernandes

Jornalista no Portal BHAZ

Comentários