Home Guia Bhaz Você conhece o Palácio da Liberdade por dentro? Confira os novos dias de visitação ao público

Você conhece o Palácio da Liberdade por dentro? Confira os novos dias de visitação ao público

O Palácio da Liberdade é uma das edificações mais representativas de Minas Gerais e, a partir deste sábado (17), o calendário de visitação pública ao espaço será ampliado. A comunidade escolar, os turistas e os belo-horizontinos poderão contar com mais dois dias por semana para conhecer a histórica sede do Governo de Minas, que desde dezembro de 2018, abriga novo projeto museográfico.

“O Palácio da Liberdade é simbolicamente o principal edifício do conjunto arquitetônico da Praça. Através dele muitas histórias sobre Belo Horizonte e Minas Gerais podem ser contadas. Ampliar os dias de visita possibilita que mais pessoas conheçam e continuem contando essas histórias”, destaca a presidente do Iepha-MG, Michele Arroyo.

Somente neste ano, o Palácio da Liberdade já recebeu mais de 13 mil visitantes. Deste número, pouco mais de 11 mil pessoas foram recebidas por meio do programa de visitação espontânea, realizada aos domingos, e cerca de duas mil são resultado do programa de visitas escolares, às quintas-feiras.

Com a ampliação do calendário de visitação, o Palácio ficará de portas abertas aos sábados e domingos, das 10h às 16h, para receber a visitação espontânea, mediante a retirada de ingressos gratuitos no site www.sympla.com.br. Às quartas e quintas-feiras, o Palácio estará preparado para receber a visitação escolar, com agendamento feito pelo e-mail [email protected] ou pelo número (31) 3224-1919, ramal 32.

O Palácio da Liberdade foi reaberto à visitação pública em dezembro de 2018, resultado de iniciativa conduzida pelo Iepha-MG, em parceria com a Associação Pró-Cultura e Promoção das Artes (APPA), e projeto museográfico da Equipe B Arquitetura, Design e Multimídias.

Palácio da Liberdade

O Palácio da Liberdade é o principal elemento articulador do Conjunto Arquitetônico da Praça da Liberdade, protegido como patrimônio cultural do estado em 1975. Concebido como residência oficial e sede do Governo do Estado no projeto da Nova Capital de Minas Gerais, o Palácio representa as características da arquitetura eclética, proposta em fins do século XIX, para a nova cidade.

Projetado por José de Magalhães, o Palácio mescla, na composição das fachadas e volume, elementos do classicismo romântico francês, e incorpora elementos artísticos com referências neobarrocas e neorenascentistas italianas. Também compõe o tombamento estadual, o conjunto do mobiliário de época e os jardins, com elementos remanescentes do paisagismo original, como a fonte, quiosque e orquidário. Os jardins do Palácio, originalmente sem o fechamento com grades, integravam toda a sede do governo à Praça da Liberdade, que por sua vez propiciava a articulação com as secretarias de estado e com a população.

Programe-se

Encontro com Educadores (obrigatório o agendamento da visita escolar): Realizados periodicamente com professores pela manhã ou tarde, em dois momentos: Etapa 1 no auditório Iepha-MG (carga horária de 4 horas) e Etapa 2 no Palácio da Liberdade (carga horária de 2 horas) – datas no link www.appa.art.br/palaciodaliberdade.

Visitas escolares: realizada mediante agendamento. O programa tem capacidade de atendimento para quatro turmas, às quartas e quintas-feiras, nos horários de 8h às 10h10; 8h30 às 10h40; 14h às 16h10 e das 14h30 às 16h40. Os contatos para escolas e visitantes é pl.educativo[email protected] (31) 3224-1919 – Ramal 32 (terças e quartas-feiras, das 9h às 12h ou das 14h às 17h). As visitas são gratuitas.

Visitas espontâneas: realizadas aos sábados e domingos, de 10h às 16h. Todas as inscrições devem ser feitas online e são gratuitas. Os visitantes que não seguirem esse procedimento e se apresentarem na portaria, caso tenham interesse na visita interna, terão sua visita condicionada às vagas disponíveis.

Informações e inscrições: www.appa.art.br/palaciodaliberdade
Telefone: 3224-1919 (terça e quarta-feira – 8h às 12h – 14h às 17h)

Com Agência Minas

Comentários