Home Notícias Política Demitido por Zema, ex-secretário diz que já esperava ter problemas no governo

Demitido por Zema, ex-secretário diz que já esperava ter problemas no governo

O ex-secretário de governo de Romeu Zema (Novo), Custódio Mattos disse que já esperava enfrentar problemas quando decidiu assumir o cargo à convite do governador. Segundo ele, a falta da experiência do novo governo e a pequena bancada do partido criaram uma tarefa complexa no tempo em que dirigiu a secretaria. O tucano foi demitido do cargo pelo governador nesta semana. O nome cotado para substituir Custódio é o do federal Bilac Pinto (DEM).

“Era um governo com características muito específicas. Foi uma tarefa muito complexa diante da falta de experiência na administração pública e o fato de ser um partido com uma bancada pequena. Era uma situação passível de problemas, mas, apesar de tudo isso, foi um período muito rico”, disse ao BHAZ.

Questionado sobre a saída do governo, o ex-secretário disse que entende a posição de Zema. Contudo, ele não quis comentar as motivações de sua saída. “São coisas normais da vida política. Pra mim, foi um tempo de muito aprendizado e crescimento. Um período importante para o Estado por conta da crise e os diagnósticos. Foi bom ter participado de soluções e da aproximação com a ALMG”, disse.

Custódio ainda conta que não guarda mágoas da gestão de Zema. Segundo ele, apesar da vasta experiência política, trabalhar no governo atual foi um período de novidade. “Não me arrependo de nada, dei a minha contribuição com Minas e valeu a pena”, acrescentou o político.

Nome forte na política de Juiz de Fora, na Zona da Mata, Custódio garantiu que não deve participar do pleito eleitoral municipal no ano que vem. “Isso não se coloca agora. Só quero voltar pra casa. Não vou abandonar a política, mas, minha vida eleitoral já acabou. Agora é o momento de uma nova linguagem, a política precisa se renovar”, finalizou.

Comentários