Home Guia Bhaz ‘Como ser gay, pornografia e patriarcado’: Parada LGBT+ terá sua segunda edição na UFMG

‘Como ser gay, pornografia e patriarcado’: Parada LGBT+ terá sua segunda edição na UFMG

Organizada pela Frente Autônoma LGBT, a 2ª Parada do Orgulho LGBT+ da UFMG será realizada nesta terça (20) e quarta-feira (21), em comemoração aos 50 anos da Revolta de Stonewall, em Nova York, evento que desencadeou o moderno movimento de luta LGBT por direitos e igualdade. A concentração começa às 10h, com uma roda de conversa sobre o tema Como ser gay, pornografia e patriarcado. Às 13h30, os participantes reúnem-se entre os prédios da Face e do ICEx para dar início à parada.

Às 12h30, haverá um show na Praça de Serviços com apresentações de Clara Tannure, Lua Sanja e Teci. Além das apresentações e da passeata no campus Pampulha, outras atrações, como mesas-redondas, oficinas e performances, compõem a programação, que está disponível no Facebook. Na quarta-feira, estão previstas discussões sobre autoestima LGBT e impactos psicológicos, criminalização da LGBTfobia e LGBTIfobia nos esportes, entre outras atividades. 

Visibilidade


Segundo Gustavo Ribeiro, um dos organizadores do evento, o objetivo é “dar visibilidade à existência e à produção acadêmica e científica sobre a questão LGBT. A ideia é que a parada estimule discussões para encontrar saídas para o atual contexto de violência e preconceito”, afirma Ribeiro, que é estudante do 8º período de Direito da UFMG.

A primeira edição da Parada foi realizada em 2017. No ano passado, o evento não ocorreu devido às mobilizações do período eleitoral. Esse intervalo maior acabou sendo benéfico para a própria organização da Parada. “Abrimos edital público para que as pessoas fizessem sugestões de atividades. Das 22 propostas recebidas, 15 foram aceitas. Além disso, passamos a realizar as atividades em dois dias, e não em uma semana inteira, como ocorreu na edição anterior”, detalha Gustavo Ribeiro.

A Parada LGBT+ da UFMG é resultado de propostas construídas coletivamente por alunos, comunidade e professores ao longo do ano. A organização do evento é formada por nove estudantes de graduação e pós-graduação da Universidade.

Comentários