Home Notícias BH Após homem se masturbar ao ficar sozinho com mulher, PBH anuncia segurança fixa em pontos de ônibus

Após homem se masturbar ao ficar sozinho com mulher, PBH anuncia segurança fixa em pontos de ônibus

Na mesma semana em que um homem foi detido após se masturbar ao ficar sozinho com uma mulher em um ponto de ônibus da capital mineira (relembre aqui), a PBH (Prefeitura de Belo Horizonte) anunciou que estruturas do transporte público terão segurança fixa. A novidade já entrará em vigor a partir da próxima segunda-feira (26).

+ Homem tira a calça e se masturba ao ficar sozinho com mulher em ponto de ônibus no Padre Eustáquio

Guardas municipais farão a segurança em pontos de ônibus do Hipercentro da cidade durante todos os dias úteis da semana, das 18h às 20h. Foram selecionados pela PBH dez pontos com maior concentração de embarque e desembarque de passageiros. Os locais exatos não serão divulgados por uma questão estratégica.

“Estudos demostram que a ação criminosa se dá quando há o criminoso motivado, uma vítima descuidada e um local sem vigilância. Dessa forma, nossa proposta é ocupar alguns desses pontos de ônibus, dar dicas de segurança para essa população e permanecer nesses espaços no período de maior movimentação, para organizar o espaço público e criar um ambiente seguro”, explica o secretário municipal de Segurança e Prevenção, Genilson Zeferino.

Viagem Segura

A medida visa potencializar a operação Viagem Segura, lançada em 2017 pela administração municipal com o objetivo de promover o embarque de agentes em coletivos com maior ocorrência de roubos e furtos.

Segundo a PBH, do início do ano até o dia 31 de julho, a Guarda Municipal realizou 7.712 embarques em coletivos que transitam nos corredores das avenidas Antônio Carlos e Nossa Senhora do Carmo. Foram registradas 67 ocorrências, com a prisão de 47 pessoas.

A prefeitura garante que a novidade anunciada para a próxima semana não vai afetar o trabalho realizado na Antônio Carlos e na Nossa Senhora do Carmo, onde há a presença de guardas nos pontos de ônibus após às 20h.

Comentários