Home Veículos Acelera aí Autodata e Acelera Aí fazem parceria para publicação de conteúdo exclusivo

Autodata e Acelera Aí fazem parceria para publicação de conteúdo exclusivo

A partir de setembro, o Acelera Aí traz uma novidade editorial para os leitores/seguidores. Será publicada, semanalmente, uma coluna assinada pela agência Autodata, com sede em São Paulo. 

Acelera Aí será o único veículo digital de Minas Gerais a publicar o novo conteúdo.

Há 27 anos a Audotada é especializada na cobertura do setor automotivo (Foto: Studio Cerri)
Há 27 anos a Audotada é especializada na cobertura do setor automotivo (Foto: Studio Cerri)

Fundada há 27 anos, a AutoData acompanha de perto a indústria automotiva no Brasil e no mundo. Por meio do portal autodata.com.br é possível acessar todos nossos produtos, como a Revista AutoData e as notícias diárias produzidas por um grupo de jornalistas especializado em economia, negócios e, claro, setor automotivo.

“Nossa missão é fazer jornalismo com credibilidade para transformar informação em conhecimento”, ressalta o diretor de redação da empresa, Leandro Alves.

Para os editores do Acelera Aí, ter conteúdo exclusivo mostra a preocupação do site com notícias diferenciadas e de destaque da indústria automotiva. “Conhecemos os jornalistas que fazem a Autodata há mais de 30 anos e temos confiança absoluta nas informações apuradas por eles de forma isenta e com profundidade”, observa o editor Luís Otávio Pires.

Para o também editor do Acelera AíEduardo Aquino, já na coluna de estreia, a Autodata traz notícias super importantes. “A cobertura do setor ficará ainda mais completa aqui no site. Ganham os nossos leitores e parceiros”, acrescenta o jornalista.

Leia a coluna de estreia:

Boicote

Frederico D’Avila, deputado estadual pelo PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, discursou em defesa ao Ministro do Meio Ambiente em Sessão Solene na Assembleia Legislativa, em 5 de agosto. Disse ele: “Por fim, eu acho que nós vamos ter que começar a… se esse pessoal não respeitar a gente, nós vamos ter que começar a fazer que nem faz o presidente Trump. O que a Mercedes-Benz, a Mann, a Siemens, o Rabobank, a Philips, a DLL, a L’Oréal, a Sanofi-Aventis, a Peugeot, tem a ver com a gente, com a nossa atividade? Eu não tenho nada contra eles não, zero, mas se o país deles continuar fazendo gracinha, como fizeram várias vezes com o ministro Ricardo Salles na questão ambiental, nós vamos boicotar eles sim”.

Deputado sugere boicote às marcas francesas, como a Peugeot (Foto: Peugeot/Divulgação)
Deputado sugere boicote às marcas francesas, como a Peugeot (Foto: Peugeot/Divulgação)

Economia colaborativa

O aumento das parcerias entre montadoras é uma tendência capturada em pesquisas globais como a que a KPMG realizou no Brasil, em parceria com AutoData. A racionalização dos investimentos compartilhados, dentre outras vantagens, abriu espaço para que concorrentes como Ford e Volkswagen e BMW e Daimler, para ficar em alguns exemplos, firmassem parcerias para tocar projetos em comum, ainda que para disputar a preferência do consumidor.

Pode chamar de PPP

Essa é a essência dos PPPs, Programas e Projetos Prioritários, o capítulo do Rota 2030 que abraça os fornecedores de autopeças. Muito em breve o governo deverá divulgar as instituições e os programas selecionados pelo Comitê Gestor da política setorial, que receberão os projetos de empresas e órgãos de pesquisa. Estes projetos deverão seguir duas regras: serem nacionais, não limitados a determinado estado ou região, e horizontais, devendo atender a toda a indústria e não uma ou outra empresa.

Fornecedores

Os PPPs do Rota 2030 têm como alvo a base da cadeia fornecedora, endividada e sem condições de investir. São dos chamado Tier 3 que instituições com a Embrapii, uma das prováveis selecionadas para gerir um programa, espera receber projetos. E também sugerir.

Aberto a todos

Não há exigência de CND, Certidão Negativa de Débito, para cadastrar projetos. O governo deseja democratizar e ajudar o elo mais fraco da cadeia, em muitos casos extremamente endividado. A ideia é dar fôlego para a reestruturação das empresas que compõem a base.

Marque na agenda

O anúncio oficial foi programado para 20 de setembro. Mas a data pode mudar, pois depende da tramitação nas áreas jurídicas dos Ministérios da Economia e da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações.

Compartilhar

Adriano Barros, diretor de relações governamentais da General Motors, afirmou no Simea, Simpósio Internacional de Engenharia Automotiva, em São Paulo, que a indústria deverá seguir a linha de pensamento do consumidor jovem que hoje enxerga no carro um meio de locomoção compartilhável, não mais valorizando a posse do veículo. “Gasta-se muito em projetos bilionários, alguns sem retorno. Ao compartilhar o desenvolvimento destes projetos ganhamos, além da troca de informação, a diluição do custo”.

Investimento

A ansiedade em divulgar notícias positivas do governo do Estado de São Paulo é tanta que a secretária de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen, deu com a língua nos dentes na abertura do Simea: contou que o governador João Dória tem viagens marcadas à Alemanha e ao Japão para o anúncio de investimentos no setor automotivo.

Bilhão?

Serão, na pior das hipóteses, investimentos bilionários, pois para receber os benefícios do IncentivAuto é preciso aportar, no mínimo, R$ 1 bilhão nas operações paulistas.

Vendas de carros de locadora em alta (Foto: Localiza/Divulgação)
Vendas de carros de locadora em alta (Foto: Localiza/Divulgação)

Locadoras a mil

128,4 mil automóveis seminovos foram vendidos por Localiza, Movida e Unidas, as três maiores locadoras de veículos do Brasil, no primeiro semestre. O volume superou em 71% as vendas do mesmo período de 2018.

Venda ou locação?

Faturamento com as vendas destes veículos chegou a R$ 5 bilhões. As três faturam mais com as vendas de seminovos do que com o aluguel dos automóveis.

Acesse: www.acelerai.com.br

Acelera Ai

Acelera Ai

Jornalistas Eduardo Aquino e Luís Otávio Pires são os editores do site Acelera Aí e da seção veículos do portal Bhaz

Comentários