Home NotíciasBrasilSeguranças chicoteiam adolescente suspeito de furto de chocolate e filmam tortura

Seguranças chicoteiam adolescente suspeito de furto de chocolate e filmam tortura

A Polícia Civil de São Paulo investiga o crime de tortura contra um adolescente de 17 anos que teria furtado uma barra de chocolate em um supermercado na Zona Sul da capital paulista. Em um vídeo que circula em redes sociais, dois seguranças da rede Ricoy aparecem chicoteando o jovem.

O garoto contou à polícia que a agressão ocorreu no mês passado na unidade da rede Ricoy da Avenida Yervant Kissajikian, em Via Joaniza. Ele relatou que tentava furtar uma barra de chocolate quando foi abordado e levado para um cômodo nos fundos da loja. O jovem teve a roupa arrancada pelos seguranças, foi amordaçado, chicoteado com fios elétricos trançados e ameaçado de morte, durante cerca de 40 minutos.

Leia mais: ‘Vamos tocar a vida’, diz Bolsonaro sobre iminência de 100 mil mortes

O vídeo que viralizou foi gravado pelos próprios seguranças e mostra o adolescente, nu, sendo agredido. A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar o caso.

ATENÇÃO! As imagens podem ser consideradas perturbadoras para algumas pessoas.

Leia mais: Morador de rua de BH consegue casa e emprego com ajuda de enfermeiros

Ao BHAZ, a rede Ricoy informou que tomou conhecimento do fato por meio da imprensa, que os seguranças foram, imediatamente, afastados e declarou que repugna a atitude e “que não coaduna com nenhum tipo de ilegalidade e colaborará com as autoridades competentes envolvidas na apuração do caso, a fim de tomar as providências cabíveis”, disse em nota.

O caso vem gerando grande repercussão nas redes sociais.

Comentários