Home NotíciasBrasilUnimed faz festa pra médicos com cenário de favela e homem negro servindo churrasquinho

Unimed faz festa pra médicos com cenário de favela e homem negro servindo churrasquinho

O tema de uma festa promovida para médicos pela Unimed de São José do Rio Preto (SP), na noite dessa sexta-feira (6), ganhou grande repercussão nas redes sociais neste domingo (8).

A operadora de planos de saúde montou uma favela cenográfica, na qual um homem negro servia churrasquinho numa espécie de laje.

Leia mais: Covid-19: Brasil tem 98,4 mil mortes e 2,9 milhões de casos

Convidados gravaram vídeos do evento e o caso ganhou destaque após uma publicação da deputada federal Sâmia Bonfim (PSol-SP) em sua página no Facebook.

” ABSURDO!
Foi com grande revolta que tomamos conhecimento que na noite desta sexta-feira (6), em São José do Rio Preto, interior de SP, a empresa Unimed promoveu uma luxuosa festa com temática de deboche à vida nas favelas e nas periferias”, disse a deputada na publicação.

Reprodução/ Facebook
Leia mais: Wajngarten reage a assalto, corre armado e prende homem em São Paulo

Na gravação, é possível ver o aglomerado cenográfico com barracos, a reprodução de comércios e de “gatos” de energia elétrica.

ABSURDO!Foi com grande revolta que tomamos conhecimento que na noite desta sexta-feira (6), em São José do Rio Preto, interior de SP, a empresa Unimed promoveu uma luxuosa festa com temática de deboche à vida nas favelas e nas periferias. Como mostra o vídeo, o cenário reproduziu a vida de milhões de brasileiros, vítimas da imensa desigualdade social no nosso país, que é um dos mais injustos do mundo. Enquanto os convidados se deslumbravam com as roupas do 'barraco', os 'gatos' de quem não consegue pagar a conta de energia, o churrasco na laje servido por um homem negro (como parte das classes dominantes preferem 'separar' a sociedade), no outro salão podia-se ver o glamour do país das maravilhas da personagem Alice.É revoltante que as pessoas não tenham o mínimo de bom senso e empatia ao fazer da vida da maioria da população motivo para chacota. Mais triste ainda é saber que boa parte dos convidados desconhece ou ignora as mazelas de um Brasil que trata tão mal o povo trabalhador.

Posted by Sâmia Bomfim on Sunday, September 8, 2019

“Enquanto os convidados se deslumbravam com as roupas do ‘barraco’, os ‘gatos’ de quem não consegue pagar a conta de energia, o churrasco na laje servido por um homem negro (como parte das classes dominantes preferem ‘separar’ a sociedade), no outro salão podia-se ver o glamour do país das maravilhas da personagem Alice”, opinou Sâmia.

Reprodução/ Facebook

“É revoltante que as pessoas não tenham o mínimo de bom senso e empatia ao fazer da vida da maioria da população motivo para chacota. Mais triste ainda é saber que boa parte dos convidados desconhece ou ignora as mazelas de um Brasil que trata tão mal o povo trabalhador”, finalizou a deputada.

Reprodução/ Facebook

Nas redes sociais, internautas cobraram explicações da operadora de planos de saúde.

O Portal BHAZ tentou falar com a assessoria de imprensa da Unimed de São José do Rio Preto, mas não conseguiu contato por meio de nenhum dos telefones disponibilizados por essa unidade da empresa.

Comentários