Home Notícias BH Assassinato em república de BH choca: Vítima teria sido estrangulada em quarto

Assassinato em república de BH choca: Vítima teria sido estrangulada em quarto

A Polícia Civil vai investigar as circunstâncias da morte de um homem de 33 anos que foi assassinado dentro de uma república no bairro Carlos Prates, na região Noroeste de Belo Horizonte, na madrugada desta terça-feira (10). A vítima teria sido estrangulada com um lençol e foi encontrada seminua. Moradores do local acionaram a Polícia Militar (PM) por volta das 2h.

De acordo com a Polícia Militar (PM), testemunhas contaram que ouviram barulhos sexuais do quarto alugado pela vítima. Em determinado momento, o namorado de outra moradora também escutou um som no portão da entrada e percebeu que o mesmo estava sem o cadeado.

O rapaz foi conversar com outros moradores, já que o acordo é manter o portão fechado, e eles perceberam que a luz do quarto da vítima estava acessa. Pela janela, viram então que o homem estava caído ao chão e seminu. Foi então que acionaram os proprietários da república e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Logo depois, foi a vez da PM.

Aos policiais, os moradores relataram que a vítima morava no local há cerca de um mês e que não sabiam muita coisa a respeito dela, que não costumava se abrir. O homem era homossexual e costumava vestir-se de mulher em algumas ocasiões, sendo apontado como travesti por uma das testemunhas. Eles também não souberam dizer se a vítima tinha parceiro fixo ou algum relacionamento, por não costumar levar visitas em casa. Lá, moravam no total 11 pessoas – três em baixo e oito em cima.

A autoria e motivação do crime ainda são desconhecidos. A ocorrência foi finalizada na Central de Flagrantes 4 e, agora, a Polícia Civil deve analisar imagens de câmeras de segurança da rua para tentar desvendar o que realmente ocorreu.

Comentários