Home NotíciasBHCamisolas doadas por times mineiros levam alegria a crianças com câncer

Camisolas doadas por times mineiros levam alegria a crianças com câncer

Crianças em tratamento contra o câncer, na Santa Casa de BH, receberam a visita de mascotes dos times mineiros, camisolas feitas com camisas dos clubes, tiraram fotos e ganharam brindes. A ação faz parte do “Paciente Camisa 10”, que integra atividades da campanha “Setembro Dourado”, mês da conscientização do câncer infanto-juvenil.

Os uniformes de times de futebol, que fazem a alegria de milhões de torcedores, ganharam um novo estilo e levaram alegria a centenas de crianças em tratamento na Santa Casa BH. O Instituto Palestra Itália doou dezenas de camisas oficiais de diversos clubes brasileiros, dentre eles, América e Cruzeiro. O Atlético também doou 25 camisas oficiais. Os “mantos sagrados” foram transformados em aventais para serem utilizados pelos pequenos pacientes.

Leia mais: Chef de BH surpreende com coxinha gigante para o Dia dos Pais

Para Joaquim Caetano de Aguirre Neto, oncologista pediátrico da Santa Casa, o evento é muito bem-vindo e ajudará na recuperação das crianças. “O objetivo é de dar força, energia, motivação para essas crianças que estão em tratamento. O simples fato de fazer a quebra na rotina em um ambiente de internação, com mascotes, camisas, brindes, faz a diferença”, explica.

Vestindo a camisa do Cruzeiro, o pequeno Pedro Henrique Oliveira, de 6 anos, diz que gostou muito da iniciativa e contou seu grande sonho. “Eu gosto muito de jogar bola. O jogador que eu mais gosto é o Thiago Neves, porque ele é o número 10, e fica bem mais fácil dele fazer gol. Meu sonho é trabalhar no Mineirão”, conta.

Leia mais: Shoppings de Contagem abrirão lojas de serviços essenciais
Marinez e seu filho Pedro Henrique (Amanda Dias/BHAZ)

A mãe do menino também apoia a campanha. “Eu acho muito legal tudo isso que tem sido feito, ajudo muito os meninos. Faz toda a diferença, as crianças sempre ficam muito felizes com a presença de todo mundo aqui. Cada vez que esse tipo de ação acontece, eles ficam mais alegres”, conta Marinez dos Santos Oliveira.

Muito feliz e emocionado, o pequeno Arthur Jesus Moura, de 8 anos, agradece pela presença dos mascotes. “Quando eu crescer, quero me tornar jogador de futebol, vou ser atacante e fazer muitos gols. Gostei demais de conhecer o Galo! Dá vontade de chorar, é tudo muito legal, fico feliz em fazer parte disso aqui”, explica.

Arthur ficou emocionado com o momento vivido (Amanda Dias/BHAZ)

Setembro Dourado

Durante o mês de setembro, serão promovidas diversas ações educativas e lúdicas para chamar a atenção para os principais sintomas e sinais do câncer infanto-juvenil. O objetivo é valorizar e incentivar as crianças que lutam contra a doença, apoiar seus familiares e celebrar a vitória dos pacientes mirins que chegaram ao fim do tratamento.

Falar sobre o assunto é muito importante. O hospital reforça que os sintomas podem ser confundidos com os de outras doenças comuns da infância. Além disso, o diagnóstico precoce aumenta em até 80% as chances de cura, caso o paciente seja atendido em centros especializados como a Santa Casa BH.

Vitor Fernandes

Vitor Fernandes

Repórter do BHAZ desde fevereiro de 2017. Jornalista graduado pela PUC Minas, com experiência em redações de veículos de comunicação. Trabalhou na gestão de redes do interior da Rede Minas e na parte esportiva da UOL.

Comentários