Home Notícias BH Adolescente que teve perna amputada por linha chilena dá primeiros passos com prótese

Adolescente que teve perna amputada por linha chilena dá primeiros passos com prótese

O adolescente Gabriel Lucas Alves, de 15 anos, que teve a perna amputada depois de ser ferido por uma linha chilena, recebeu sua prótese nesta quarta-feira (11). Ele deu os primeiros passos depois do acidente que ocorreu em Betim, na Grande BH, no dia 20 de julho.

Gabriel voltava para casa depois de treinar em um campo de futebol em Betim, quando uma linha chilena provocou um corte profundo em uma das pernas dele. A linha estava presa em um ônibus e, segundo testemunhas, o coletivo a arrastou criando uma espécie de guilhotina. Ele foi atingido na altura do joelho.

Reprodução/Facebook

A perna biônica foi doada pelo fisioterapeuta Fabrício Daniel e, segundo a mãe do menino, o equipamento custa em torno de R$ 110 mil. Gabriel fez o primeiro treino com o equipamento e deve começar a utilizá-lo permanentemente em 15 dias, até que se acostume com a prótese. Em conversa com o BHAZ, o adolescente disse que voltar a andar foi emocionante.

“Acho que estou revivendo a sensação de dar os primeiros passos novamente, como uma criança”, diz. O menino diz que ainda sonha em ser atleta profissional e fazer história. “Penso em participar da seleção paralímpica. Mas, espero ser exemplo, agora, sempre que vejo amigos com papagaio falo para evitarem linha chilena. Quero fazer da minha vida uma história”, conta.

O adolescente postou imagens dos seus primeiros passos em sua rede social. “E assim novos sonhos começam a ser sonhados”, escreveu na postagem.

Segundo a mãe de Gabriel, Regina Alves, depois de um longo processo de recuperação, o adolescente deve voltar a andar em breve. “Foi um processo doloroso no início, agora ele já entende melhor e está mais esperançoso”, diz.

“Ele vai fazer 15 dias de treino com a prótese nova para se acostumar. Ele ainda está com dificuldade e só consegue caminhar segurando as barras. Por isso, ele ainda não levou a prótese para casa. Ele vai continuar treinando”, explica a mãe.

Segundo Regina, em breve o garoto deve ganhar um novo modelo de prótese. “O prefeito de Betim, Vittorio Medioli, vai dar a ele uma perna específica para a prática de esporte, já que ele ainda sonha muito em ser atleta”, afirma.

Comentários