Home Notícias BH No inverno, belo-horizontinos podem viver dia mais seco e mais quente do ano na mesma semana

No inverno, belo-horizontinos podem viver dia mais seco e mais quente do ano na mesma semana

Após uma terça-feira seca, os moradores de Belo-Horizonte podem se preparar para um final de semana de muito calor. De acordo com o meteorologista Claudemir de Azevedo, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), esta sexta-feira (13) deve ser o dia mais quente do ano, com a máxima chegando a 36º e mínima de 20º. Sim, o dia mais quente está marcado para ocorrer em pleno inverno.

De acordo com o Inmet, o dia mais seco de 2019 foi nessa terça-feira (10), com umidade do ar em 17%. Apesar de ter subido levemente durante a manhã, a umidade deve retornar ao número recorde na tarde desta quarta-feira (11), e amanhã pode abaixar para 15%.

Ao BHAZ, o meteorologista explica que esse fenômeno ocorre devido a uma massa de ar seco que dificulta a formação de nuvens e a passagem da frente fria.

O desconforto térmico nos próximos dias atingirá um nível significativo. A previsão para amanhã é mínima de 17º e máxima de 35º, e o calor deve atingir seu ponto máximo na sexta-feira. Vale lembrar que, caso esta quinta-feira (12) ultrapasse a marca de 35º, já poderá assumir o posto de dia mais quente do ano.

O fim de semana será um pouco mais fresco, mas ainda bem quente. A miníma deve permanecer em 17º e a máxima não deve passar dos 30º.
Apesar do calor, estará mais fácil para respirar: a umidade do ar deve subir para 35% e sair do estado crítico definido pela OMS.

Cuidados com a saúde

Claudemir sugere que nos próximos dias os belo-horizontinos bebam bastante água, usem roupas leves e evitem exposição direta ao sol. Outra dica do meteorologista é “colocar uma vasilha com água nos cômodos, ou usar umidificadores”.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), umidade do ar entre 12 e 20% é considerado estado de alerta. As recomendações da OMS para tempos como esse são:

  • Observar as recomendações do estado de atenção;
  • Suprimir exercícios físicos e trabalhos ao ar livre entre 10 e 16 horas;
  • Evitar aglomerações em ambientes fechados;
  • Usar soro fisiológico para olhos e narinas.

Comentários