Home Notícias Brasil Jovem que teve a testa tatuada com ‘eu sou ladrão e vacilão’ é condenado em SP

Jovem que teve a testa tatuada com ‘eu sou ladrão e vacilão’ é condenado em SP

O jovem que teve a testa tatuada por dois homens após roubar uma bicicleta em 2017, foi condenado a 4 anos e 8 meses de prisão em regime semiaberto durante audiência nessa terça-feira (10). A decisão foi tomada pela juíza Sandra Regina Nostre Marques, da 1ª Vara Criminal de São Bernardo do Campo.

Ruan Rocha da Silva, 19 anos, estava preso desde fevereiro por um outro crime. Nessa ocasião, ele furtou o celular que estava dentro do agasalho do funcionário de um posto de saúde no ABC Paulista.

Outros casos

Em março do ano passado, o jovem havia sido preso em flagrante pelo furto de desodorantes em um supermercado em Mairiporã, São Paulo. Em uma imagem publicada por um perfil com nome de ROCAM no Facebook, o rapaz aparece segurando os objetos roubados.

Flagrante de furto pela upa do Jd Silvina Advinha quem era o autor?Ele mesmoO Ladrão e VacilãoFonte…

Posted by ROCAM on Thursday, February 14, 2019

Tatuagem na testa

Em julho de 2017, Ruan, então com 17 anos, teve a testa tatuada à força com os dizeres “eu sou ladrão e vacilão” por dois tatuadores. Os homens alegaram que a tortura teria ocorrido em resposta ao roubo de uma bicicleta.

A dupla foi presa após compartilhar o vídeo da ação em grupos de WhatsApp, e as imagens viralizaram na internet.

Pelo crime, Maycon Wesley Carvalho dos Reis, de 27 anos, e Ronildo Moreira de Araújo, de 29 anos, foram condenados a cerca de 3 anos de reclusão. Atualmente Maycon cumpre pena em regime aberto, e Ronildo no semi-aberto.

Comentários