Home Notícias Minas Gerais Procurador que reclamou de salário de R$ 24 mil pede afastamento médico

Procurador que reclamou de salário de R$ 24 mil pede afastamento médico

O procurador de Justiça Leonardo Azeredo dos Santos, do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), pediu afastamento médico de suas funções depois de tornar-se alvo de críticas por reclamar do salário de “apenas” R$ 24 mil que recebe. Segundo o MPMG, Leonardo apresentou o pedido de licença nessa terça (10). Agora, ele tem cinco dias úteis para apresentar um atestado médico que justifique sua ausência ou aumente o prazo de afastamento.

O caso repercutiu no início desta semana, quando um áudio do procurador pedindo “criatividade” aos pares para que aumentassem o salário se tornou público.  

A gravação de 1 hora e 43 minutos foi registrada no dia 12 de agosto, durante uma reunião da câmara de procuradores para a discussão do orçamento para o ano que vem.

Os procuradores debatiam a possibilidade do Estado assinar um acordo de recuperação fiscal com a União e, dessa forma, não poder mais realizar quaisquer tipos de reajustes para os servidores públicos.

“Quero saber se nós, no ano que vem, vamos continuar nessa situação ou se Vossa Excelência já planeja alguma coisa, dentro da sua criatividade, para melhorar nossa situação. Ou se vamos ficar nesse ‘miserê’. Quem é que vai querer ser promotor, se não vamos mais ter aumento, ninguém vai querer fazer concurso nenhum”, disse o procurador mineiro.

Contudo, de acordo com dados disponíveis no MPMG, o procurador teria recebido muito mais do que R$ 24 mil, nos meses de 2019. Em junho, por exemplo, Leonardo embolsou R$ 50,1 mil líquido, com o acréscimo de R$ 28,5 mil de indenizações e outras remunerações em seus vencimentos. Totalizando R$ 78,6 mil líquido.  Já em janeiro, o procurador recebeu R$ 64 mil além do salário, totalizando um ganho de R$ 87,8 mil.

MêsSalário líquidoIndenizaçõesOutras remuneraçõesTotal líquido
JaneiroR$ 23.803,50R$ 42.256,59R$ 21.755,21R$ 87.815,30
FevereiroR$ 23.803,50R$ 22.440,85R$ 20.048,65R$ 66.293,00
MarçoR$ 23.803,50R$ 8.707,24R$ 19.550,13R$ 52.060,87
AbrilR$ 23.803,50R$ 20.588,92R$ 19.506,14R$ 63.898,56
MaioR$ 23.803,50R$ 20.804,92R$ 19.480,59R$ 64.089,01
JunhoR$ 50.104,64R$ 8.984,18R$ 19.528,84R$ 78.617,66
JulhoR$ 23.803,50R$ 9008,30R$ 32.341,19R$ 65.152,99

Os dados disponíveis no portal das transparência do MPMG constam até o mês de julho.

Repercussão

Pelas redes sociais, a reclamação do procurador ganhou uma enorme repercussão, com piadas e críticas. Os moradores da região da Pampulha colocaram uma caixinha de arrecadações para ajudar o procurador a sair do “miserê”.

Assunto virou piada e motivo de memes nas redes sociais (Reprodução/Whatsapp)

Comentários