Home NotíciasMinas GeraisPadrasto é preso após estuprar enteada e dizer que queria saber se ela era virgem

Padrasto é preso após estuprar enteada e dizer que queria saber se ela era virgem

Um homem de 44 anos foi preso nessa sexta-feira (13) suspeito de estuprar a enteada de 15 anos em Uberaba, no Triângulo Mineiro. Ele teria dito à adolescente que queria conferir se ela ainda “era moça”.

Segundo a vítima, o padrasto chegou bêbado durante a madrugada na casa da família. Ele teria ido até a cama onde a adolescente dormia com o irmão e a chamou para verificar se um celular estava tocando em outro cômodo. A adolescente contou que se recusou a levantar e foi ameaçada com uma faca.

De acordo com a Polícia Militar (PM), a vítima ainda disse que o homem a violentou afirmando que queria provar se ela ainda era virgem. No momento do estupro, a garota teria chorado e gritou pela mãe, que, por fazer uso de medicamentos para dormir, não escutou os pedidos de socorro.

A jovem relatou o ocorrido para a mãe ao voltar da aula no início da tarde de sexta-feira. A mulher, que está grávida, passou mal ao ouvir o relato da filha e precisou ser socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Logo em seguida, a PM foi acionada.

Aos militares, o homem disse que fez uso de bebida alcoólica na noite anterior e se lembrava apenas de ter pego uma faca. Ele foi preso e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil da região.

A adolescente foi conduzida em uma ambulância para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Parque do Mirante, e depois encaminhada para o Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (HC-UFTM) para fazer exames.

Comentários