Home NotíciasBHMico ganha funeral em BH e mãe aparece para tentar ‘acordar’ o filhote

Mico ganha funeral em BH e mãe aparece para tentar ‘acordar’ o filhote

A morte de um miquinho comoveu funcionários de funerárias do entorno do Instituto Médico Legal (IML), no bairro Gameleira, na região Oeste de Belo Horizonte. Eles fizeram um velório com direito a caixão, ornamentações e até a presença da mãe do animal.

Em um vídeo gravado pelos funcionários, é possível ver o momento em que a mãe do mico se aproxima e tenta acordar o filhote. “Ela beijou ele e ‘ficou chorando’. Eu já fui em velório de muita gente, mas nunca apareceu tanta gente quanto no velório do mico. A rua inteira foi ver ele, ele era muito querido”, conta Wesley de Medeiros, de 43 anos, o funcionário que teve a ideia e produziu toda a cerimônia.

Confira o momento:

Wesley, mais conhecido como “o Grande”, trabalha em funerária próxima ao local onde o animal foi encontrado morto. “Eu gostava do ‘miquim’. Eles ficam lá, nós damos pipoca para eles e eles não mordem ninguém”, conta.

Ao BHAZ, Wesley comenta que não imaginava obter tanta repercussão. “Lá vive cheio de gato fiquei com dó de algum deles pegar ele. Não queria deixar ele ir de qualquer jeito, deixei de almoçar para fazer isso”, explica.

A cerimônia

Essa não é a primeira vez que o funcionário faz um velório para um animal. “Já fiz de um ‘ratão’ também. Mas ele eu embalsamei e fiquei com ele uns 20 dias ainda”, lembra Wesley.

Quando perguntado se também embalsamou o mico, ele diz que não precisou “porque a família queria que enterrasse no mesmo dia”. “Foi só a cerimônia rapidinha para os mais íntimos”, brinca. O corpo do animal foi enterrado em um parque da região.

Wesley ainda fez uma roupa “para ele não ir sem nada”, ornamentou o caixão e montou um “kit lanche”, composto por aquilo que o mico mais gostava: pipoca e biscoitos.

Comentários