Home NotíciasBHAcarajé liberado! Festival beneficente em BH terá delícia africana à vontade por apenas R$ 30

Acarajé liberado! Festival beneficente em BH terá delícia africana à vontade por apenas R$ 30

Quentinho, saboroso, e, às vezes, bastante apimentado! O acarajé já garantiu um lugarzinho especial no coração dos mineiros, e será bem representado na 4ª edição do festival de acarajé promovido pelo terreiro Nzo Jindanji Kuna Nkosi – que será realizado no dia 5 de outubro, na sede do Sindicato dos Petroleiros de Minas Gerais.

Amantes da iguaria feita com massa de feijão-fradinho, cebola e sal, e frito em azeite de dendê, estarão bem atendidos. Basta pagar R$ 30 para comer acarajé à vontade! E o mais legal de tudo: todo o lucro arrecadado irá para os gastos do terreiro.

Segundo a organização do evento, o dinheiro será destinado aos gastos com espaço atual (aluguel, luz, água e etc), e para que o grupo consiga adquirir um novo local.

Samba também terá espaço garantido durante o evento. Enquanto saboreiam as iguarias, os convidados poderão curtir a apresentação de Viviane santos e banda.

‘É promover resistência’

Na descrição do evento no Facebook, um manifesto: “apoiar uma casa de tradição de candomblé Kongo/Angola é dar a mão à negritude que construiu este país de forma compulsória e violenta”. “É ter empatia com quem sempre esteve do lado mais vilipendiado da história, mas que é o sobrevivente, o criador e o agente revolucionário na construção de um novo projeto de sociedade capaz de contemplar a equidade da pluralidade da sociedade brasileira”.

Ao BHAZ, a organização do festival explica que o evento é, antes de tudo, um ato de resistência. “Estamos vivendo um período de muita intolerância, com muito ódio. Promover esse festival é promover resistência, é desmitificar o racismo”, explica.

4º Festival de Acarajé

Quando? 5 de outubro (sábado), das 17h às 22h

Onde? Sindicato dos Petroleiros de Minas Gerais (Av. Barbacena, 242, Barro Preto).

Quanto? R$ 30 e R$ 15 (para menores de 12 anos). Os ingressos podem ser adquiridos por aqui.

Comentários