Home NotíciasBrasilPersonal trainer é preso após espancar a namorada no meio da rua

Personal trainer é preso após espancar a namorada no meio da rua

Câmeras de segurança gravaram o momento em que uma mulher é violentamente agredida pelo personal trainer Murilo Morais, em Goiânia. As agressões ocorreram no final de agosto, mas as imagens foram divulgadas nessa terça-feira (17). O homem foi preso.

Ao BHAZ, a delegada responsável pelo caso, Paula Meotti, informou que a vítima tinha um relacionamento de quatro anos com o agressor. Naquele dia, eles haviam discutido por meio das redes sociais. Pouco tempo depois, o personal trainer apareceu na porta da casa da mulher, pedindo para acompanhá-la à igreja. Durante o trajeto, ela percebeu que o rapaz estava muito agressivo, e pediu que ele saísse do carro, mas o homem se recusou.

A mulher então desceu do carro, mas foi seguida pelo agressor e brutalmente espancada por ele. Na gravação é possível ver que a vítima é agredida com uma série de socos e chutes e, em determinado momento, bate a cabeça contra o chão.

ATENÇÃO! As imagens podem ser consideradas perturbadoras para algumas pessoas.

As agressões só terminaram quando um policial civil apareceu no local e atirou para o alto. O personal saiu correndo, mas foi perseguido e capturado.

De acordo com a delegada, Murilo Morais foi detido em flagrante e levado para a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam). Ele se manteve em silêncio durante o interrogatório. O personal trainer foi indiciado por tentativa de feminicídio e a investigação segue em juízo.

Em entrevista ao G1, a mulher, que preferiu não ser identificada, disse que sofreu uma lesão séria no braço. “Estou viva pela graça de Deus. Ele batia só na minha cabeça. Foi chute, murro. Tive uma fratura completa no rádio e ulna [ossos do antebraço]. Iniciei minha fisioterapia, estou sem movimento do meu braço esquerdo. Tive um corte no supercílio, teve que dar ponto. Graças a Deus, eu não tive nenhuma lesão na cabeça mais grave, mas foi muito violento”, disse.

A delegada do caso informou que o personal trainer já tinha passagem por ameaças e injúria. Segundo a vítima, essa não foi a primeira vez que o namorado teve um comportamento agressivo durante o relacionamento de quatro anos. Ela contou que, em outros momentos, ele já chegou a quebrar o celular dela, e gritar com a própria mãe.

Cantor gospel

Nas redes sociais, Murilo Morais se descreve como “cristão, treinador profissional em musculação, professor/músico e ex-competidor de fisiculturismo”.

Em um vídeo publicado no Youtube, o homem aparece cantando um hino gospel. Após a divulgação do caso, internautas lotaram os comentários do vídeo com xingamentos. “Foi esse cristão cidadão de bem aí que espancou a namorada ?”, disse um usuário da rede social. Veja parte da repercussão abaixo:


Comentários