Home Notícias Internacional Homem faz pedido de casamento debaixo d’água e se afoga: ‘Reviravolta mais cruel’

Homem faz pedido de casamento debaixo d’água e se afoga: ‘Reviravolta mais cruel’

O que era para ser um momento de felicidade transformou-se em pesadelo para uma jovem norte-americana. Kenesha Antoine foi pedida em casamento pelo namorado de forma inusitada. Infelizmente, a ação não saiu como o planejado e ele morreu. Steven Weber fez o pedido debaixo d’água em um resort na Tanzânia, mas não conseguiu ouvir a resposta que tanto esperava. Ele mergulhou e ficou submerso no último dia 19 de setembro.

A morte do homem natural de Baton Rouge, no Louisiana, foi confirmada pela namorada dele por meio de um post no Facebook. No texto, Antonie explica que Steve não voltou mais “das profundezas” e que sequer conseguiu ouvir a resposta dela para o pedido de casamento. “Não conseguimos nos abraçar e celebrar o início do resto de nossas vidas juntos, pois o melhor dia de nossas vidas se tornou o pior, na reviravolta mais cruel do destino que se possa imaginar”, escreveu a mulher em um trecho.

Na publicação, também é possível ver um vídeo que mostra o pedido de casamento elaborado por Steve. Ele mergulhou cerca de 10 metros de profundidade enquanto a namorada o observava de dentro de uma estrutura também debaixo d’água. O homem usou uma folha de papel para passar o recado: “Não consigo segurar o fôlego o suficiente para contar tudo o que amo em você. Mas … tudo o que amo em você, amo mais todos os dias!”.

Reprodução/Facebook

Depois de mostrar o texto, Steve vira o bilhete e exibe o pedido de casamento ao mesmo tempo em que tira um anel de noivado do bolso e sai nadando, mas não consegue retornar com vida. Tudo ocorreu no The Manta Resort, onde cabines subaquáticas localizadas a cerca de 250 m da costa são a atração. Uma noite por lá custa cerca de R$ 7 mil.

“É com o mais profundo pesar que informamos que um acidente fatal ocorreu no The Manta Resort na quinta-feira, 19 de setembro de 2019”, afirmou o resort em comunicado. Já o CEO do local, Matthew Saus, disse que “todos estão profundamente abalados” com a morte do homem.

Comentários