Home Notícias BH BH recebe feira com mais de 50 mil orquídeas e entrada gratuita

BH recebe feira com mais de 50 mil orquídeas e entrada gratuita

Belo Horizonte receberá a partir desta sexta-feira (11) a 40ª edição da Grande Feira e Exposição Nacional de Orquídeas, realizada na Serraria Souza Pinto, no Centro da capital. De acordo com a Associação Mineira de Orquidófilos (AMO), organizadores da mostra, a expectativa é de que o evento conte com 50 mil orquídeas para compra e venda.

A feira, que é considerada como uma das maiores exposições de flores de Minas Gerais, contará com 30 associações de orquidófilos de várias regiões mineiras e de outros Estados brasileiros, além de 26 estandes de vendas, com materiais para cultivo e plantas que vão diretamente do produtor para a casa dos compradores. A expectativa dos organizadores é de superar o público presente em 2018, que foi de 15,8 mil pessoas.

A feira é aberta ao público, com entrada gratuita e acessível para deficientes. Haverá também estacionamento no local. “Serão aproximadamente 50 mil unidades para venda e 700 orquídeas em exposição. O objetivo é promover a oportunidade de o público conhecer e adquirir algumas raridades da planta com preços mais acessíveis”, afirma a presidente da AMO, Denise Vasconcelos.

Além da exposição, a feira terá também cursos gratuitos para crianças e adultos; quick massage; experiências sensoriais para deficientes visuais, promovidas em parceria com o Instituto São Rafael; espaço gourmet, exposições de fotos vencedoras do concurso de fotografias realizado em 2018 e uma nova disputa para eleger as imagens mais bonitas da edição.

O evento contará com um posto do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) para recadastramento biométrico para eleitores de Belo Horizonte ou que pretendem transferir o título para a capital.

Serviço

40ª edição da Grande Feira e Exposição Nacional de Orquídeas

Onde? Serraria Souza Pinto, na avenida Assis Chateaubriand, 809 – Centro, Belo Horizonte.

Quando? De 11 a 13 de outubro. De 9h às 18h na sexta e sábado e domingo de 9h às 17h.

Quanto? Entrada gratuita.

Comentários