Home Colunas Alynna: O primeiro roteiro de HQ que criei

Alynna: O primeiro roteiro de HQ que criei

Se você pudesse ler mentes, o que faria com esse poder? Alynna Galic pode. E usa a habilidade para desmascarar os gênios do mal: políticos corruptos, criminosos e charlatães.

Alynna é um mangá ilustrado pelo quadrinhista Dan Arrows, criador do Samurai Boy, e roteirizado por mim. A personagem é uma jornalista que pode ler a mente das pessoas que toca. Quanto mais íntimo é o contato, mais informações Alynna tem. 

Como todo super-herói que se preza, a minha também tem um conflito moral: se a verdade se esconde nas profundezas da mente de alguém, até onde Alynna está disposta a ir para descobri-la?

Se você gosta de quadrinhos, dê uma olhadinha – e colabore! – com o projeto aqui. Um dos detalhes marcantes da nossa história é inspirado em Sin City, um clássico do gênero: quando Alynna manifesta seus poderes, a cena ganha cor. O mesmo acontece com cores vibrantes que somam-se ao preto e branco da arte de Frank Miller em momentos cruciais da trama ou para destacar personagens-chave. 

Sinopse

Durante um plantão, a jornalista Alynna Galic é enviada a cobrir um acidente. Contudo, o que era para ser apenas mais uma notícia corriqueira acaba se revelando algo muito complexo. Mas só para ela: Alynna é a única pessoa que, ainda na cena, tem pistas exclusivas sobre o que de fato pode ter acontecido. Algo que pode colocar muito peixe grande em águas turbulentas.

O problema é que a necessidade do contato físico exige que Alynna esteja constantemente à beira de seus limites morais. Por isso, precisa juntar as peças do quebra-cabeças para conseguir as provas de que precisa de forma lícita. Como? Com jornalismo investigativo. 

A campanha – que pode ser acessada aqui – fica no ar até 31 de outubro. Entre as recompensas estão o livro impresso, marcadores, pôsteres, artes originais e outros presentes.

Semana que vem eu volto falando de literatura, escrita, não-ficção e ficção. Por enquanto, fique aí com o convite de conhecer a minha primeira aventura como roteirista de história em quadrinhos. 😉

Boas leituras!


Lais Menini

Lais Menini

Lais Menini é redatora sênior, com nove anos de experiência na criação de conteúdo para internet. Nas horas vagas, ministra cursos e oficinas de escrita criativa e é blogueirinha de literatura no Literama.

Comentários