Home Notícias Esportes Jogadora de vôlei do Minas é alvo de injúria racial: ‘Macaca careca’

Jogadora de vôlei do Minas é alvo de injúria racial: ‘Macaca careca’

A jogadora de vôlei norte-americana Deja McClendon, que atua pelo Itambé/Minas, foi alvo de injúria racial durante uma partida do clube contra o Dentil/Praia Clube, pelo Desafio MG x RJ, na noite desse sábado (19).

O jogo era transmitido online pela FMV (Federação Mineira de Voleibol) quando um internauta se referiu à atleta como “macaca careca”. O comentário foi registrado por meio de um print, que circula pela web.

Após o episódio, a FMV divulgou uma nota (leia na íntegra abaixo) em que repudia “qualquer ato preconceituoso”. Também diz que “racismo é crime e comentários maldosos na internet são considerados crime cibernético”.

O Minas Tênis Clube também se manifestou a respeito do ocorrido. Veja abaixo:

Racismo x Injúria racial

A injúria racial consiste em ofender a honra de alguém valendo-se de elementos referentes à raça, cor, etnia, religião ou origem. Já o racismo atinge uma coletividade indeterminada de indivíduos, discriminando toda a integralidade de uma raça. Ao contrário da injúria racial, o crime de racismo é inafiançável e imprescritível. Clique aqui para saber mais.

Nota da FMV na íntegra:

“Nota de Repúdio!

Durante a transmissão deste sábado (19.10) do jogo: Itambé Minas e Dentil/Praia Clube, pelo Desafio de Vôlei MGxRJ Feminino, foram observados alguns comentários maldosos de cunho racista envolvendo a atleta Deja McClendon, da equipe Itambé Minas.

A Federação Mineira de Voleibol, organizadora do torneio, repudia qualquer ato preconceituoso e destaca que o esporte preza por ideias contrárias as destas pessoas que propagam o ódio.

Para a atleta Deja McClendon fica aqui o nosso apoio e disposição!

RACISMO é crime e comentários maldosos na internet são considerados crime cibernético.

#naoaoracismo”

Comentários