Home Seções Alto-Falante Dentistas brasileiros restauram sorrisos ao redor do mundo: ‘Justiça social através da odontologia’

Dentistas brasileiros restauram sorrisos ao redor do mundo: ‘Justiça social através da odontologia’

“A gente não faz caridade, faz justiça social através da odontologia”. É dessa forma que Felipe Rossi define o trabalho desempenhado pela ONG Por1Sorriso, cuja missão é levar atendimento odontológico para comunidades carentes ao redor do mundo. O fundador da organização complementa a nobre missão da entidade com outra analogia: “a gente não faz dentes, faz sorrisos”.

A ONG atua principalmente em comunidades extremamente carentes e com pouco acesso à assistência. Um exemplo é a ação feita no Xingu, no Mato Grosso, onde realizaram gratuitamente 723 procedimentos com uma equipe de 12 voluntários. Já passaram também pelo Vale do Jequitinhonha, no Norte de Minas Gerais. Além disso, a Por1Sorriso já estendeu as ações para fora do Brasil, com ações em Moçambique e no Quênia, países da África.

A ideia para a criação do projeto surgiu após o fundador realizar uma viagem para Moçambique. Ele estava em uma ação voluntária da ONG Missão África e conta que voltou muito impactado com a experiência. “A gente viu a extrema necessidade de tudo, então eu quis fazer algo na minha área”, comenta ao BHAZ.

Além de oferecer serviços odontológicos, atualmente as ações também levam os serviços médicos às comunidades, através de uma equipe multidisciplinar. Felipe Rossi tem o desejo de fazer a Por1Sorriso crescer cada vez mais, mesmo no que ele acredita ser um momento difícil para a credibilidade das Organizações Não Governamentais. “Foi batido muito em cima das ONGs. Uma organização séria, como a nossa, acaba pagando o preço disso”, lamenta.

‘A gente não faz dentes, faz sorrisos’

O dentista acredita que o serviço odontológico é um mercado segregador, já que muitas pessoas que não têm acesso. “Tive o privilégio de estudar, agora quero devolver para a sociedade de alguma maneira. A gente não cuida de dente, cuidamos de gente”, declara.

Felipe conta que um dos sinais da importância do atendimento odontológico foi a repercussão do projeto. “Recebi mais de 5 mil mensagens pedindo tratamento e ajuda”, revela. Veja abaixo algumas das transformações que a Por1Sorriso já realizou:

Como colaborar

Atualmente, a ONG é financiada por doações de duas empresas parceiras e recebe também um patrocínio da Colgate. Mas a ONG precisa também de doações e cadastros de voluntários para expandir ainda mais a atuação. Saiba mais e colabore através do site.

Comentários