Home Notícias Brasil Homem é encontrado morto horas após ser ridicularizado por apresentador do SBT

Homem é encontrado morto horas após ser ridicularizado por apresentador do SBT

Um homem cuja identidade não foi divulgada foi encontrado morto nessa terça-feira (13) na casa onde morava, em Londrina (PR), horas após ser ridicularizado no jornal Primeiro Impacto, do SBT. A morte dele é tratada como suicídio e o caso já é investigado pela Polícia Civil. As informações são do UOL.

Antes de ser localizado sem vida, o homem em questão apareceu no noticiário pendurado a um fio. Ele disse que queria morrer e, segundo o programa, chegou à situação depois de descobrir ter sido traído pela mulher.

Durante o programa, enquanto exibia imagens do homem, o apresentador Marcão do Povo pediu uma música à produção e fez piada com a tentativa de suicídio. “Desça dai seu corno, desça dai / Desça dai chifrudo o que é que há? / Você ganhou foi gaia não foi asas pra voar”, dizia a letra da canção.


Depois, o jornalista ainda disse: “Você ganhou um par de chifres, não foi asas para voar. Você não é o único corno do Brasil, fique tranquilo.” “Chifre é que nem consórcio: a qualquer momento você é contemplado”, continuou.

O repórter que acompanhava o caso, Felipe Macedo, também fez graça com o fato de o homem querer tirar a própria vida. “Se todo corno fosse subir em fio depois de levar chifre, ia faltar fiação elétrica no Brasil todo”, disse. “É o corno elétrico. Os amigos avisam: a tua mulher está te chifrando. E ele diz: tô ligado”, completou enquanto dava risada da situação.

Na reportagem, Macedo explicou que o homem não sofreu ferimentos. O vídeo exibido mostra que a vítima despencou do fio de telefone em que estava pendurado e saiu do local andando. Depois recebeu atendimento do Corpo de Bombeiros e acabou liberado.

+ Depressão e suicídio: O que você precisa saber para não julgar e AJUDAR DE VERDADE quem precisa

A vítima foi encontrada morta em casa no fim da manhã dessa terça, algumas horas depois de a reportagem que o ridicularizava ser exibida. Não há detalhes sobre o que ocorreu no intervalo entre o que a matéria mostrou e o momento em que ele foi localizado em casa.

Procurado pelo UOL para comentar o caso, O SBT informou que não irá se pronunciar. Já o advogado de Marcão do Povo, que está de licença médica, disse que “não houve qualquer incitação ao suicídio na matéria”. “Foi uma brincadeira normal que o Marcos faz sempre no programa”, completou Rannieri Cavalcanti Lopes.

Prevenção ao suicídio

Ligações para o Centro de Valorização da Vida (CVV), que auxilia na prevenção do suicídio, passaram a ser gratuitas em todo o país em julho do ano passado. Um acordo de cooperação técnica com o Ministério da Saúde, assinado em 2017, permitiu o acesso gratuito ao serviço, prestado pelo telefone 188.

Por meio do número, pessoas que sofrem de ansiedade, depressão ou que correm risco de cometer suicídio conversam com voluntários da instituição e são aconselhados. Antes, o serviço era cobrado e prestado por meio do 141.

A ligação gratuita para o CVV começou a ser implantada em Santa Maria (RS), há quatro anos, após o incêndio na boate Kiss, que matou 242 jovens. O centro existe há 55 anos e tem mais de 2 mil voluntários atuando na prevenção ao suicídio. A assistência também é prestada pessoalmente, por e-mail ou chat.

Comentários