Home Veículos Acelera aí Primeira edição do Bike Fest fora de Minas também agrada turma das duas rodas

Primeira edição do Bike Fest fora de Minas também agrada turma das duas rodas



A economia da pequena Urubici, encravada na Serra Catarinense, recebeu uma injeção de cerca de R$ 3 milhões durante os três dias do Bike Fest realizado de 8 a 10 de novembro.

Urubici (SC) recebeu os visitantes do Bike Fest de braços abertos (Foto: Production/Divulgação)

Os milhares de participantes deste que está se tornando um dos principais eventos das duas rodas do País lotaram hotéis e restaurantes, encheram as agendas das empresas de turismo e movimentaram o comércio local.

Leia também: Bike Fest sobe a Serra

Todos os cantos

Os organizadores contabilizaram mais de 2.700 motos presentes, vindas de São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina.

Tiveram ainda sete shows com diversas bandas durante os três dias do evento; dezessete expositores de motos, peças e acessórios e passeios pelas principais atrações turísticas da cidade. Mais de 50 moto-clubes de vários cantos marcaram presença.

“Nosso evento gerou mais de 200 empregos diretos e indiretos, pois priorizamos as empresas e os comerciantes locais”, comemorou o diretor da Production Eventos, organizadora do Bike Fest em Urubici (SC), Milton Furtado.

Megaestrutura foi montada na praça central da cidade catarinense (Foto: Production/Divulgação)

Objetivo cumprido

Esta foi a primeira edição Bike Fest em Urubici, que já acontece em São Lourenço e Tiradentes, em Minas Gerais, há 27 anos.

“Alcançamos o nosso objetivo de público, número de motos e de movimentação financeira. Foi um evento pacífico, sem nenhuma ocorrência e em harmonia com a comunidade, que abraçou o Bike Fest”, agradeceu o organizador.

Segundo ele, em 2020 terá mais um Bike Fest. Falta definir apenas a data.

Leia também: De Honda pela América do Sul

Megaestrutura

Para atender a todo esse público, a Production montou uma megaestrutura de 1.300 metros quadrados na Praça Caetano Vieira de Souza, onde o público teve entrada franca para acessar os 17 estandes dos expositores de fabricantes de motos (Honda e BMW), peças (Michelin) e acessórios (X11); a praça de alimentação, com comidas típicas e chope e cerveja da Backer.

“O público lotou o espaço, gerando uma excelente movimentação financeira para os comerciantes e expositores. Por exemplo, durante os três dias do evento foram comercializadas dez motos”, ressaltou Furtado.

Insana aventura

Os participantes também curtiram uma palestra do motociclista Daltro de Oliveira, que, em maio de 2017, fez uma viagem de moto de Itapema (SC) ao Alasca.

Ele falou dessa “insana aventura”, que durou 73 dias, nos quais percorreu 25.000 quilômetros em companhia de outros dois amigos, com relatos que transportaram os participantes para o ambiente daquela incrível aventura.

Exposição de novos modelos foi atração do evento (Foto: Production/Divulgação)

Passeios

O Bike Fest Urubici (SC) também proporcionou aos participantes passeios guiados pelos Moto Grupo de Urubici e elaborados especialmente para o público das duas rodas para locais de incrível beleza natural, como a Serra do Rio do Rastro, Serra do Corvo Branco, Morro do Campestre, Parque Cascata do Avencal, Cascata Véu de Noiva, Quedas do Avencal, Cânion Espraiado e outras tantas maravilhas naturais da região.

Acesse: www.aceleraai.com.br

Acelera Ai

Acelera Ai

Jornalistas Eduardo Aquino e Luís Otávio Pires são os editores do site Acelera Aí e da seção veículos do portal Bhaz

Comentários