Home Notícias Esportes Diego Hypólito é vaiado e deixa palco de festa após ouvir ‘Fora Bolsonaro’

Diego Hypólito é vaiado e deixa palco de festa após ouvir ‘Fora Bolsonaro’

O ginasta Diego Hypólito foi alvo de vaias após ser convidado para subir ao palco em uma festa na noite de domingo (24), em São Paulo. Ele estava com a DJ que se apresentava no evento, quando a plateia começou a gritar “Fora Bolsonaro”. Neste momento, as imagens mostram a DJ tentando segurar o atleta, que estava visivelmente incomodado.

Diego já havia causado polêmica nas redes sociais recentemente. Na última quarta-feira (20), ele postou uma foto com o presidente Jair Bolsonaro (PSL), após ter se encontrado com o mandatário (declaradamente homofóbico) e a primeira-dama Michelle Bolsonaro. O atleta se assumiu homossexual em maio deste ano, em depoimento no UOL, e o encontro com o presidente gerou revolta na comunidade LGBT+.

No sábado (23), um dia antes da festa em que foi vaiado, Diego e o namorado Marcus Duarte haviam se encontrado com Michelle Bolsonaro, em Brasília, para uma “noite de louvor”. Na ocasião, o casal se reuniu com a primeira-dama e amigos para cantar músicas religiosas.

Em um vídeo postado em seu Instagram, Diego se defendeu dos ataques afirmando que o encontro com o presidente foi uma oportunidade para discutir a situação dos esportes no Brasil: “Se o nosso esporte tá passando pelo que tá passando, é o meu dever tentar ajudar as pessoas”.

Ainda no início de seu governo, Bolsonaro destituiu o Esporte da categoria de Ministério, como era desde 1995, e o anexou à pasta do Ministério da Educação, Esportes e Cultura.

No vídeo, Diego ainda reforçou que o encontro não significa que não apoia lutas identitárias: “Pessoas que possam se sentir diminuídas, saibam que eu brigo por todas vocês: eu brigo pelos gays, brigo pelas mulheres, brigo pelos obesos, brigo por pessoas de raça, de etnia, brigo por pessoas que tem maior idade”.

Nas redes sociais, o assunto continuou gerando polêmica.

Comentários