Home Notícias Brasil Heloísa Bolsonaro reclama de salário de R$ 33 mil de Eduardo: ‘Passamos perrengue’

Heloísa Bolsonaro reclama de salário de R$ 33 mil de Eduardo: ‘Passamos perrengue’

No Brasil, um deputado federal tem um salário de R$ 33,7 mil reais, além de diversos benefícios, incluindo despesas com saúde, combustível e auxílio moradia. Mas, para a esposa do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL),
Heloísa Bolsonaro, é preciso acabar com a ideia de que políticos têm uma vida luxuosa.

“A gente passa muito perrengue também. No Havaí, a gente vivia almoçando num mercadinho que tem lá. Eu ficava até mais magrinha, maravilha”, disse ela em um um vídeo postado pelo Instagram. Heloísa Bolsonaro diz que o salário é ótimo, mas acha que um político só é rico se já for de família abastada. “A gente também faz sacrifícios e escolhas”, afirma.

Heloísa ressalta que não vive uma vida de luxo e, para exemplificar, disse que fez a unha por R$ 60 reais e achou “caríssimo”. “Às vezes, eu faxino minha casa, porque não quero gastar naquela semana”, garante.

Reações nas redes

As declarações da esposa do parlamentar repercutiram mal nas redes sociais. “O vídeo de Heloísa Bolsonaro mostra uma pessoa pobre. Não em termos materiais. É pobre de espírito”, escreveu um usuário do Twitter.

Eduardo Bolsonaro respondeu aos críticos, acusando a imprensa de estar usando a esposa para atacar a família Bolsonaro. “Qualquer faísca de oportunidade para se desviar a atenção das coisas boas realizadas será amplamente divulgado (sic)”, escreveu na conta que mantém no Twitter.

Com quanto brasileiros vivem?

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2018, o país tinha 13,5 milhões pessoas com renda mensal per capita inferior a R$ 145. A pesquisa do Instituto ainda acrescenta que um quarto da população, correspondente 52,5 milhões de pessoas, vivem com menos de R$ 420 reais per capita por mês. Este valor é 80 vezes menor do que o salário de um deputado federal.

Quanto custa um deputado federal?

Além dos R$ 33,7 mil reais de salário, os gastos de verba pública com os 513 deputados federais já passaram de R$ 160 milhões em 2019. Conheça abaixo alguns dos valores que os parlamentares tem direito, além do salário de mais de R$ 33 mil:

  • Salário: R$ 33.763,00
  • Auxílio-moradia: R$ 4.253, concedidos aos parlamentares que não moram em residências funcionais em Brasília.
  • Despesas com saúde: os deputados têm atendimento no Departamento Médico da Câmara (Demed) e podem pedir reembolso para despesas médico-hospitalares realizadas fora do Demed. Deputados em exercício do mandato e seus familiares que podem ser incluídos como dependentes no Imposto de Renda têm direito de utilizar o departamento.
  • Ajuda de custo: no início e no fim do mandato, o parlamentar recebe ajuda de custo equivalente ao valor mensal da remuneração. A ajuda é destinada a compensar as despesas com mudança e transporte e não será paga ao suplente que for reconvocado dentro do mesmo mandato.
  • Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar (Ceap): o valor depende do estado de cada deputado, mas pode ser utilizado para passagens aéreas, telefonia, alimentação do parlamentar, combustível, hospedagem e transporte, entre outros.

Leia a lista completa aqui.

Comentários