Home NotíciasBrasilHeloísa Bolsonaro reclama de salário de R$ 33 mil de Eduardo: ‘Passamos perrengue’

Heloísa Bolsonaro reclama de salário de R$ 33 mil de Eduardo: ‘Passamos perrengue’

No Brasil, um deputado federal tem um salário de R$ 33,7 mil reais, além de diversos benefícios, incluindo despesas com saúde, combustível e auxílio moradia. Mas, para a esposa do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL),
Heloísa Bolsonaro, é preciso acabar com a ideia de que políticos têm uma vida luxuosa.

“A gente passa muito perrengue também. No Havaí, a gente vivia almoçando num mercadinho que tem lá. Eu ficava até mais magrinha, maravilha”, disse ela em um um vídeo postado pelo Instagram. Heloísa Bolsonaro diz que o salário é ótimo, mas acha que um político só é rico se já for de família abastada. “A gente também faz sacrifícios e escolhas”, afirma.

Heloísa ressalta que não vive uma vida de luxo e, para exemplificar, disse que fez a unha por R$ 60 reais e achou “caríssimo”. “Às vezes, eu faxino minha casa, porque não quero gastar naquela semana”, garante.

Leia também:  Por que a polícia se curva ao branco rico de Alphaville e é violenta na periferia

Reações nas redes

As declarações da esposa do parlamentar repercutiram mal nas redes sociais. “O vídeo de Heloísa Bolsonaro mostra uma pessoa pobre. Não em termos materiais. É pobre de espírito”, escreveu um usuário do Twitter.

Leia também:  Não aprovado, inconclusivo e mais: Entenda respostas do Auxílio Emergencial e como denunciar fraudes

Eduardo Bolsonaro respondeu aos críticos, acusando a imprensa de estar usando a esposa para atacar a família Bolsonaro. “Qualquer faísca de oportunidade para se desviar a atenção das coisas boas realizadas será amplamente divulgado (sic)”, escreveu na conta que mantém no Twitter.

Com quanto brasileiros vivem?

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2018, o país tinha 13,5 milhões pessoas com renda mensal per capita inferior a R$ 145. A pesquisa do Instituto ainda acrescenta que um quarto da população, correspondente 52,5 milhões de pessoas, vivem com menos de R$ 420 reais per capita por mês. Este valor é 80 vezes menor do que o salário de um deputado federal.

Leia também:  Bolsonaro veta repasse de R$ 8,6 bi para combate ao coronavírus em estados e municípios

Quanto custa um deputado federal?

Além dos R$ 33,7 mil reais de salário, os gastos de verba pública com os 513 deputados federais já passaram de R$ 160 milhões em 2019. Conheça abaixo alguns dos valores que os parlamentares tem direito, além do salário de mais de R$ 33 mil:

  • Salário: R$ 33.763,00
  • Auxílio-moradia: R$ 4.253, concedidos aos parlamentares que não moram em residências funcionais em Brasília.
  • Despesas com saúde: os deputados têm atendimento no Departamento Médico da Câmara (Demed) e podem pedir reembolso para despesas médico-hospitalares realizadas fora do Demed. Deputados em exercício do mandato e seus familiares que podem ser incluídos como dependentes no Imposto de Renda têm direito de utilizar o departamento.
  • Ajuda de custo: no início e no fim do mandato, o parlamentar recebe ajuda de custo equivalente ao valor mensal da remuneração. A ajuda é destinada a compensar as despesas com mudança e transporte e não será paga ao suplente que for reconvocado dentro do mesmo mandato.
  • Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar (Ceap): o valor depende do estado de cada deputado, mas pode ser utilizado para passagens aéreas, telefonia, alimentação do parlamentar, combustível, hospedagem e transporte, entre outros.

Leia a lista completa aqui.

Guilherme Gurgel

Guilherme Gurgel

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Escreve com foco nas editorias de Cidades e Variedades no BHAZ.

Comentários