Home Notícias Esportes Alívio! Atlético vence Corinthians e se livra de vez do rebaixamento

Alívio! Atlético vence Corinthians e se livra de vez do rebaixamento

O Atlético venceu o Corinthians pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro e escapou, de vez, do rebaixamento. Em jogo movimentado, o time da casa saiu na frente com Cazares, mas Janderson empatou logo em seguida. De pênalti, Fábio Santos selou a vitória alvinegra. Com isso, o Galo quebra uma sequência de quatro jogos sem vencer. Na próxima rodada, o time pega o Botafogo, em casa.

Movimentação e Atlético na frente

O primeiro tempo foi bem movimentado, com chances criadas para os dois lados, e gol anulado do Atlético. Logo após cobrança de escanteio, aos 11 minutos, a bola sobrou para Réver, que mandou para a rede. Contudo, o bandeirinha anulou o gol, por impedimento do zagueiro.

O Atlético insistiu e saiu na frente com Cazares, aos 18 minutos. Em uma boa jogada, Jair tocou para Marquinhos na área. Ele passou para Cazares, que mandou um belo chute, bem calibrado, no ângulo.

Empate

Mas a alegria durou pouco. Um minuto depois, Gustavo recebeu na área, chutou forte, mas Cleiton fez a defesa. Janderson aproveitou a sobra para jogar para o fundo da rede e empatar a partida. Segundo gol do atleta com a camisa do Corinthians. Um curiosidade foi que o empate chegou tão rápido, que a torcida do Galo ainda comemorava o resultado.

Ainda, durante o primeiro, o Atlético pressionou bastante. Aos 37 minutos, no contra-ataque, Cazares mandou para Patric, que tocou para Marquinhos. O atacante arriscou um chute, mas o goleiro Cássio salvou. Logo em seguida, aos 38 minutos, em bola cruzada na área, o volante Jair subiu e mandou na trave do time visitante. Aos 46 minutos, Fagner chutou cruzado e Janderson mandou para o gol, que foi anulado, por impedimento do meia do Corinthians.

Pressão e pressão

O segundo tempo também foi agitado. O Corinthians teve uma boa chance com Clayson, aos 11 minutos. Gustavo ganhou de Igor Rabello por cima e deixou Clayson muito bem para finalizar. O chute foi perigoso, mas o jogador mandou para fora. A resposta do Atlético veio na sequência, com Cazares. O jogador finalizou forte, mas Cássio foi bem e defendeu.

Aos 19 minutos, um princípio de confusão entre os jogadores. Marquinhos cometeu falta em Janderson. O atleticano ficou bravo e foi tirar satisfações. Fagner e Júnior Urso foram conversar com o camisa 50. Réver apareceu para defender o companheiro de time.

Pênalti sela a vitória!

A situação melhorou após um pênalti marcado para o alvinegro, aos 25 minutos. Cazares foi derrubado na área por Janderson. O VAR analisou o lance e validou o pênalti. Fábio Santos cobrou e colocou o Atlético novamente em vantagem. O jogador ainda tomou um cartão amarelo por tirar a camisa na comemoração do seu 18º gol pelo time.

O Corinthians ainda teve uma boa chance, aos 37 minutos. Em boa cobrança do escanteio, a bola foi direto para Gustavo, mas o jogador chutou para fora.

O jogo teve um bom público, com 18.062 torcedores no Independência, que tem capacidade para 23 mil pessoas. A renda foi de R$ 149.295,00.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO 2 X 1 CORINTHIANS

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 1º de dezembro de 2019 (domingo)
Horário: 18h (de Brasília)
Arbitragem: Paulo Roberto Alves Junior (PR)
Auxiliares: Victor Hugo Imazu dos Santos (PR) e Rafael Trombeta (RJ)
VAR: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Cartões amarelos: Fábio Santos, Patric e Maicon (Atlético); Gustavo (Corinthians)
Gols: Cazares, aos 18 do 1ºT (Atlético) e Fábio Santos, aos 28 do 2ºT; Janderson, aos 19 do 1ºT (Corinthians)

ATLÉTICO: Cleiton; Patric, Igor Rabello, Réver e Fábio Santos; Zé Welison e Jair (Otero); Luan, Cazares (Ramón Martínez) e Marquinhos; Di Santo (Leonardo Silva)
Técnico: Vagner Mancini

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Manoel, Gil e Carlos Augusto; Gabriel e Júnior Urso (Boselli); Janderson (Vagner Love), Pedrinho e Clayson (Mateus Vital); Gustavo
Técnico: Dyego Coelho

Comentários