Home Notícias Brasil Policial executa ex após render colegas e disparar, com uma submetralhadora, contra companhia da PM

Policial executa ex após render colegas e disparar, com uma submetralhadora, contra companhia da PM

Um policial militar protagonizou uma tragédia após, segundo a própria corporação, entrar em surto. O homem rendeu colegas, atirou com uma submetralhadora contra uma companhia da PM, executou sua ex-companheira e se matou na sequência. O caso ocorreu na manhã do último sábado (30), em Dias D’Ávila (BA), município com cerca de 80 mil habitantes a 55km de Salvador (BA).

O surto do policial teria ocorrido por volta das 8h30, segundo a corporação baiana, pouco após assumir serviço. “Logo depois entrou em surto e efetuou disparos de arma de fogo em direção à estrutura física da companhia. Em seguida, o militar fugiu conduzindo o próprio veículo”, esclareceu ao BHAZ a PM da Bahia, através de nota.

O soldado teria atirado também enquanto dirigia e invadiu um salão de beleza no qual a ex-companheira trabalhava. Ele atirou 15 vezes em direção à vítima, dos quais cinco tiros atingiram seu corpo, conforme o veículo local Dias D’Ávila Acontece. O alvo foi Cris Câmara, que morreu no local.

“Durante as diligências, as equipes localizaram o policial sem vida em uma área de mata na região de Camaçari. Há indícios de que ele tenha cometido suicídio. O carro utilizado na fuga foi encontrado incendiado”, diz a polícia baiana.

A PM ainda informou que “tomou todas as medidas legais cabíveis junto à Corregedoria da PM e a Polícia Civil  investiga o caso”.

Comentários